Justiça condena revista a indenizar Olavo de Carvalho

Publicação retratou o filósofo como bobo da corte e 'imbecil'
-Publicidade-
Foto: Divulgação/Olavo de Carvalho
Foto: Divulgação/Olavo de Carvalho | Foto: Divulgação/Olavo de Carvalho

Publicação retratou o filósofo como bobo da corte e ‘imbecil’

justiça
Defesa do escritor argumentou que a empresa de comunicação extrapolou a liberdade de expressão | Foto: Divulgação/Olavo de Carvalho
-Publicidade-

Condenada por danos morais, a revista Istoé terá de pagar R$ 25 mil ao professor e filósofo Olavo de Carvalho. A publicação estampou na capa de uma edição de 2019 o rosto do escritor fantasiado de bobo da corte. Além disso, o título o identificava como “imbecil”, uma alusão a Imbecil Coletivo, livro de Carvalho que se tornou best-seller. O juiz da 4ª Vara Cível de SP Renato Simões entendeu que a revista excedeu a “crítica jornalística, caracterizando claro abuso do direito da liberdade de imprensa” ao tentar retratar Olavo como pessoa “de curta inteligência”.

Leia também: “A direita sob fogo cerrado”, reportagem publicada na edição n° 27 da Revista Oeste

Na ação movida pela defesa do filósofo, o advogado João Vinicius Manssur sustentou que a publicação atingiu “a própria liberdade de expressão do autor”, já que ele se utiliza “de um canal no Twitter para comentar notícias e expor sua opinião de forma respeitosa. Porém, essas ações foram distorcidas pela revista, que o intitulou de ‘imbecil’ por influenciar politicamente a vida de seus seguidores”. ​Manssur argumentou ainda que Olavo de Carvalho “é jornalista reconhecido internacionalmente, contando com diversas condecorações, além da autoria de vários livros”.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 comments

  1. Infelizmente muitas pessoas confundem liberdade de expessão, com libertinagem no uso das palavras. Esquecem que o seu direito termina, onde começa o do outro.
    Muitos também extrapolam seus limites, achando que o pequeno poder que têm é maior do que a essencia humana dos que ofendem.
    Justiça para todos é o que precisamos!

  2. Em tempo: depois que a IstoÉ fez aquela capa ridícula e esdruxula com o título Geração Transformadora com equiparando Greta Thunberg e Felipe Neto a Malala Yousafzai….. foi um fiasco histórico!

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site