Justiça Federal condena André do Rap a pagar multa de R$ 2,4 mi por tráfico internacional de drogas

Decisão é do juiz Roberto Lemos dos Santos Filho, da 5ª Vara Federal de Santos
-Publicidade-
André do Rap está solto
André do Rap está solto | Foto: Divulgação/Polícia Civil

O traficante André Oliveira Macedo, conhecido como André do Rap, foi condenado a pagar multa de mais de R$ 2,4 milhões à Justiça Federal por tráfico internacional de drogas. A decisão do juiz Roberto Lemos dos Santos Filho, da 5ª Vara Federal de Santos, no litoral de São Paulo, refere-se a um processo pelo qual o criminoso respondia desde 2013.

André do Rap foi indiciado depois de a Polícia Federal (PF) identificá-lo como integrante de uma quadrilha que usava contêineres para transportar cocaína pura do Porto de Santos para a Europa, África e Cuba. A droga era colocada em mochilas e inseridas nos contêineres por funcionários particulares sem o conhecimento dos donos das cargas ou dos navios.

O traficante é apontado como um dos chefes do Primeiro Comando da Capital (PCC), facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios de São Paulo. André do Rap está foragido desde outubro de 2020, quando teve habeas corpus concedido pelo ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal.

-Publicidade-

Leia também: “A Lei Fachin por trás do massacre”, artigo de Silvio Navarro publicado na Edição 60 da Revista Oeste

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.