Lava Jato pede apoio à PGR para retomar ação contra Serra

Ministro do STF Dias Toffoli determinou suspensão de investigações que incluíam tucano e filha dele, Verônica Serra, por violarem foro especial de senador.
-Publicidade-
Procuradores da Lava Jato de SP pedem apoio da PGR para continuarem a investigar Serra | Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado
Procuradores da Lava Jato de SP pedem apoio da PGR para continuarem a investigar Serra | Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado | operação lava jato, josé serra, pgr, stf, dias toffoli

Ministro do STF Dias Toffoli determinou suspensão de investigações que incluíam tucano e filha dele, Verônica Serra, por violarem foro especial de senador

operação lava jato, josé serra, pgr, stf, dias toffoli
Procuradores da Lava Jato de SP pedem apoio da PGR para continuarem a investigar Serra | Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

A força-tarefa da operação Lava Jato em São Paulo entrou com ofício à Procuradoria-Geral da República (PGR) em que solicita ajuda para que as investigações contra o senador José Serra (PSDB) e a filha dele, Verônica Serra, possam ser retomadas.

-Publicidade-

Na quarta-feira, 29, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, deferiu um pedido da defesa de Serra e suspendeu duas investigações em que ele era alvo, a Paralelo 23 e a Revoada. De acordo com os advogados, ambas violam o foro especial por investigar o senador durante seu mandato.

No documento com o pedido para a volta da Revoada, os procuradores afirmam: “Não é verdade que as medidas autorizadas pela Justiça em face de José Serra violariam sua prerrogativa de foro” e indicam que o próprio STF entende que: “apenas devem ser processados por instâncias superiores os crimes praticados em razão do mandato, enquanto ele ainda estiver sendo exercido”.

Para os procuradores, as investigações tratam sobre vantagens indevidas recebidas por Serra em seu último mandato como governador de São Paulo e no atual cargo.

A Lava Jato reforça que “a operação Revoada tem objeto definido e sem nenhuma relação com o atual cargo de senador exercido por José Serra”, e recorre à PGR para que tome medidas para que a liminar proferida em plantão no recesso judiciário seja levada urgentemente a julgamento e as investigações, retomadas.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.