-Publicidade-

Lewandowski manda Saúde comprovar estoque de seringas

Ministro do STF acolheu pedido da Rede Sustentabilidade
Legenda acusa o governo de atrapalhar o processo de imunização
Legenda acusa o governo de atrapalhar o processo de imunização | Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Na quinta-feira 7, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski atendeu a um pedido da Rede Sustentabilidade e determinou que o titular da Saúde, Eduardo Pazuello, apresente dados sobre o estoque de insumos necessários para a futura vacinação contra a covid-19. O governo terá cinco dias. A legenda da ex-ministra Marina Silva pediu ao STF que obrigue o Poder Executivo a comprovar a existência das seringas e agulhas que informou ter. Caso não as possua, a sigla solicitou à Corte que pressione Pazuello a apresentar, em 48 horas, o planejamento da compra dos materiais. “O governo federal, além de não ter iniciado a vacinação, está lançando obstáculos ao adequado emprego das vacinas que devem ser adquiridas”, argumentou o partido, no processo movido no Supremo. Em pronunciamento nacional, o ministro da Saúde assegurou que há produtos o bastante para iniciar o processo.

Leia também: “Cravar data para início de vacinação é ‘brincar com a esperança’, diz Pazuello”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

20 comentários

    1. 2 anos de inferno, supremo, congresso a esquerda, alguns governadores, não dão trégua.
      Como podemos como povão termos paz, tranquilidade e segurança, se não deixam o presidente que elegemos nas urnas e seus ministros trabalharem. Nunca vi algo assim em 65 anos de existência.

  1. Eu não tomava nem conhecimento, porque isso não é da alçada dele.Ele que devia dar satisfação porque deixou a Dilmanta com os direitos políticos.

  2. Primeiro, esse “imbecil” dá um prazo de não sei quantos dias, sei que foram poucos, para se iniciar logo o tal Programa de Vacinação e depois alguém o lembrou que para isso teria que existir as seringas, devidamente acompanhadas das agulhas hipodérmicas. Então agora MANDA verificar os estoques desse insumo fundamental numa vacinação vai ver que essa BESTA QUADRADA, imaginava que se tratava de uma vacina do tipo “zé gotinha”. É uma CAVALGADURA.

  3. Pazzuelo deveria mandar a esse vagabundo o endereço dos armazéns e dizer para ele contá-las! Aliás, quem deveria ajudar era essa Rede de desocupados que ressucitam um ET zumbizado a cada 4 anos.

    1. 2 anos de inferno, supremo, congresso a esquerda, alguns governadores, não dão trégua.
      Como podemos como povão termos paz, tranquilidade e segurança, se não deixam o presidente que elegemos nas urnas e seus ministros trabalharem. Nunca vi algo assim em 65 anos de existência.

  4. Tudo isso é combinado entre o representante do PT no stf e os esquerdopatas de REDE. É provocação seguida de provocação na tentativa de fazer o Presidente (ou um Ministro) perder a paciência e insultar algum “impoluto” urubu togado e assim dar motivo ao impeachment. Jogo baixo. Coisa de canalhas!

  5. Dificil entender como um partido de ratos se cria tão facil ,pra formar um partido sério leva anos e sempre falta assinaturas, partido nanico brota do nada.

  6. Lewandowsky não passa de um “zé ruela”, súdito do Lula que usa o cargo de ministro do STF para atrapalhar o país, dia sim, outro dia também. Suas iniciativas não possuem absolutamente nenhuma ligação com as prerrogativas e atribuições de ministro do STF.

  7. Por isso cancelou até as férias para dar uma forcinha para os “canhotos” No STF cada um tem sua tchurminha esse tem o PT e outros afins. Se querem cooperação pq não utilizar os estoque que já tem, e depois solicitam mais? País de bandidos.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês