Lewandowski suspende últimas investigações da Lava Jato contra Lula

Decisão vale até que o Supremo decida sobre o requerimento dos advogados para que essas investigações sejam encerradas
-Publicidade-
Ministro Ricardo Lewandowski em sessão da 2ª turma do STF | Foto: Nelson Jr./SCO/STF
Ministro Ricardo Lewandowski em sessão da 2ª turma do STF | Foto: Nelson Jr./SCO/STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal Ricardo Lewandowski suspendeu nesta terça-feira, 14, o andamento de duas investigações sobre o ex-presidente Lula abertas na Justiça Federal em Brasília a partir da Operação Lava Jato.

Os processos investigam doações da Odebrecht ao Instituto Lula e a compra do terreno para sediar o instituto e de um apartamento em São Bernardo do Campo.

Leia mais: “Pacheco ‘rejeita sumariamente’ MP de Bolsonaro que limita remoção de conteúdo nas redes”

-Publicidade-

Atendendo a um pedido da defesa do petista, a decisão de Lewandowski vale até que o Supremo decida sobre o requerimento dos advogados para que essas investigações sejam encerradas.

Em sua decisão, o ministro apontou risco de “dano processual irreparável” na tramitação dos processos. Além de barrar novas diligências, a liminar impede o uso de apurações anteriores contra Lula.

No final de junho, Lewandowski já tinha anulado as provas produzidas contra o ex-presidente no acordo de leniência celebrado entre a Odebrecht e o Ministério Público Federal.

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro