Líder do governo projeta 21 votos favoráveis a Mendonça na CCJ

Ex-ministro está sendo sabatinado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado
-Publicidade-
Fernando Bezerra Coelho, líder do governo no Senado, acredita na aprovação de André Mendonça na CCJ
Fernando Bezerra Coelho, líder do governo no Senado, acredita na aprovação de André Mendonça na CCJ | Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), demonstrou confiança na aprovação do nome de André Mendonça para uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF).

O ex-ministro da Justiça, que também comandou a Advocacia-Geral da União (AGU), está sendo sabatinado neste momento na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. Ele foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para assumir a cadeira vaga na Corte com a aposentadoria do ex-decano Marco Aurélio Mello.

“Vou fazer pergunta ao ministro André Mendonça, é claro. Aqui na CCJ, acho que ele vai ter 20 ou 21 votos”, disse Coelho ao chegar ao Senado na manhã desta quarta-feira, 1º. “No plenário, é melhor esperar a sabatina”, completou.

-Publicidade-

Para ter sua indicação aprovada na CCJ, Mendonça precisa de pelo menos 14 votos. Para ser nomeado ministro do STF, além de passar pela sabatina, Mendonça terá de ser aprovado em uma votação realizada no plenário do SenadoA relatora do caso na CCJ é a senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA).

A expectativa dos senadores é que a sabatina com o ex-ministro da Justiça dure entre nove e dez horas, entrando pela noite de hoje. A sessão deve ser ainda mais longa do que a do outro indicado por Bolsonaro ao STF, o ministro Kassio Nunes Marques.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. Como se não tivessem nada para fazer os senadores enrolam em falatórios vazios mostrando toda incompetência. Só querem aparecer de todas as maneiras.
    Pena que só podemos trocar 27 em 2022.
    Pedir a Deus que consigamos trocar os 27 e colocar outros que aprovem imediatamente a prisão em primeira instância. Também a redução da idade penal para 10 anos.

      1. Concordo com você, Paulo Renato V. Velloso. Acho essa proposta mais racional.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.