Liminar tira Renan Calheiros da relatoria da CPI da Covid

Juiz atendeu a pedido da deputada Carla Zambelli
-Publicidade-
Senador Renan Calheiros | Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado
Senador Renan Calheiros | Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Uma liminar da Justiça Federal do Distrito Federal impede nesta segunda-feira, 26, que o senador Renan Calheiros seja o relator da CPI da Covid. O juiz Charles Renaud, da 2ª Vara Federal de Brasília, atendeu a uma ação popular ajuizada pela deputada Carla Zambelli (PSL-SP).

Por se tratar de decisão provisória, ainda cabe recurso. A votação para eleger presidente e vice da comissão está marcada para amanhã de manhã. O presidente eleito é quem designa o relator. Um acordo feito pela maioria dos integrantes estabeleceu que Omar Aziz (PSD-AM) será o presidente, e o vice, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), autor do pedido de CPI.

-Publicidade-

Leia mais: “Lira quer aprovar reformas administrativa e tributária ainda neste ano”

“O juiz Charles Renaud, da 2ª Vara Federal de Brasília, atendeu ao pedido de liminar da nossa ação popular e SUSPENDEU o nome de Renan Calheiros para a votação que decidirá a relatoria da CPI”, tuitou a parlamentar.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site