-Publicidade-

Lira exalta agenda do Congresso e fala em ‘Calendário Brasil’

"O Brasil precisa de ações. E vamos avançar", tuitou o presidente da Câmara
Presidente da Câmara, Arthur Lira
Presidente da Câmara, Arthur Lira | Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), destacou nesta segunda-feira, 22, que o Congresso Nacional está avançando na análise de pautas prioritárias para o Brasil. Ele classificou as medidas de “Calendário Brasil” e espera aprovações importantes até março.

Lira reforçou que a PEC emergencial tem votação prevista no Senado para a próxima quinta-feira, 25. Segundo ele, se aprovado, o texto será um “marco histórico nas finanças públicas do país”. A proposta terá uma cláusula de calamidade que abre caminho para a volta do auxílio emergencial. Na Câmara, a PEC deve ser prioridade em março.

Leia mais: “Senado pode criar comissões de juristas”

“O Brasil precisa de ações. E vamos avançar. O Calendário Brasil está pronto e vai ser uma guinada na direção que todos queremos. Um trabalho que não é individual. É de todo o Congresso Nacional”, tuitou o deputado.

O presidente da Câmara também disse que o Orçamento de 2021, com proposta de desvinculação total de receitas, deve ser aprovado até 25 de março.

Reforma administrativa

Arthur Lira garantiu que a reforma administrativa vai começar a tramitar em março e a previsão é que esteja no plenário antes do fim do primeiro trimestre.

Na edição desta semana da Revista Oeste, o presidente da Frente Parlamentar da Reforma Administrativa, deputado Tiago Mitraud (Novo-MG), detalhou a importância da questão, leia: “É preciso acabar já com os privilégios dos servidores”.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês