Luciano Hang presta depoimento hoje na CPI da Covid

'Veio da Havan' é acusado de divulgar 'fake news'
-Publicidade-

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 ouve nesta quarta-feira, 29, o dono das lojas Havan, Luciano Hang. O empresário é acusado de financiar a divulgação de fake news sobre remédios sem comprovação científica”. Hang teria supostamente dado dinheiro ao jornalista Allan dos Santos para espalhar “notícias falsas” sobre a pandemia do novo coronavírus.

O autor do pedido de convocação de Hang é o relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL), que, na semana passada, protagonizou um episódio de baixaria com o senador Jorginho Mello (PL-SC), amigo do empresário. Depois de ter o depoimento marcado, Hang gravou um vídeo algemado: “Se não aceitarem aquilo que eu vou falar, já comprei, para não gastar dinheiro”.

-Publicidade-

Leia também: “A CPI virou um monstro”, artigo publicado na Edição 72 da Revista Oeste

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.