Lula decide declarar guerra contra Bolsonaro

PT decidirá até quinta-feira se intensificará movimentos populares pelo Brasil ou se vai apelar para o tapetão
-Publicidade-
Lula vai trabalhar pela saída de Bolsonaro | Foto: Lula Marques - Agência PT
Lula vai trabalhar pela saída de Bolsonaro | Foto: Lula Marques - Agência PT

PT decidirá até quinta-feira se intensificará movimentos populares pelo Brasil ou se vai apelar para o tapetão

Lula vai trabalhar pela saída de Bolsonaro | Foto: Lula Marques/Agência PT
-Publicidade-

Em mais uma ação oportunista, o ex-presidente e ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva quer iniciar um movimento de desgaste político da imagem do presidente Jair Bolsonaro. O PT discute qual seria a melhor tática: realizar ações pelo Brasil contra o presidente ou encampar um processo de impeachment — presumivelmente, natimorto.

MAIS: Oeste revela salários de Lula, Gilberto Carvalho e Vaccari

Até a semana passada, Lula evitava incentivar o movimento “Fora, Bolsonaro”, que já toma conta da maioria do PT. Após reuniões realizadas nas últimas segunda e terça-feira, o ex-presidente bateu o martelo e decidiu que vai trabalhar para tentar remover Bolsonaro do poder. O próprio PT, no entanto, admite que essa é uma tarefa quase impossível.

Integrantes do partido confidenciaram a Oeste que, com a bênção de Lula, o PT estuda agora como criar esse movimento político contra o presidente. Algumas cartas estão na mesa: realizar ações em redes sociais criticando ainda mais o presidente; promover atos pelo Brasil ou mesmo peticionar um processo de impeachment.

A lógica dos petistas é, na teoria, simples. Eles torcem para que a popularidade do presidente caia em razão das políticas de combate ao coronavírus. Para isso, Lula pretende “denunciar” os resultados negativos eventualmente apresentados pelo governo federal.

Mas uma ala do PT defende que o ex-presidente endosse um pedido de impeachment. A decisão a esse respeito deve sair até a próxima quinta-feira, 23. Apesar de a ideia ser estimulada por boa parte dos petistas, a ala mais moderada do partido entende que uma petição de afastamento presidencial ratifica a tese do próprio Bolsonaro, que tem denunciado um movimento dos partidos tradicionais para tirá-lo do poder. O medo dos petistas é que um passo em falso possa ter efeito oposto: em vez de enfraquecer Bolsonaro, uma ação do PT contrária ao presidente possa justamente fortalecê-lo. Uma fonte qualificada do partido admitiu a Oeste que, a partir de agora, “tudo é questão de timing”.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

20 comentários

    1. A esquerda não tem, definitivamente, nada de bom a oferecer para o País. Subserviente ao condenado da justiça e ex-presidiário L. da Silva vai acabar em pó. Desacreditada e repudiada pela maioria da população já é, e faz um bom tempo.

      1. Só no Brasil o Carniça, criminoso condenado, o maior bandido da história, pode se arvorar a depor o presidente eleito democraticamente, que acabou com a corrupção e roubalheira do PT, e não voltar pra cadeia! Inversão de valores!

    2. Eles, em algum minuto, pararam a guerra!?! Pedidos ridículos ao STF, mentiras no exterior, fake news, quando foi que deram uma trégua? A esquerda não aceita de jeito nenhum viver sem parasitar o Estado, jamais vão sossegar.

  1. Esse país é realmente diferente!
    País que presidiário dava entrevista, jogava o STF na privada e ainda tem apoio deles. Isso aqui é lugar de maluco!
    Haaaaaa ainda tinha e deve ter diálogo cabuloso com o uma certa organização.

  2. Dar atenção a um condenado que deveria estar no Presídio, é demais. Em PAISES DEMOCRÁTICOS, condenados não ficam em liberdade e não usam VERBA PÚBLICA para passearem pela Europa e custearem as suas despesas. Isto é uma afronta ao ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO, ao DIREITO DOS CIDADÃOS . VERBA PÚBLICA, como FUNDO PARTIDÁRIO E FUNDO ELEITORAL deveria estar atendendo o Público, com obras de infra-estrutura, educação, saúde, segurança, transporte, etc., etc. E não atendendo interesses de Partidos.

  3. Ele ainda acredita que pode. Um criminoso que se nao fosse a benesse de seu empregado no STF, ainda estaria preso. Tentar para testar a popularidade. Um dia ele acorda.

  4. PT e um cadaver de um partido e lula fala serio se ele vier com essa ladainha de isso e aquilo vai ser ainda mais desmoralizante pra ele pq nem os petista acreditam mais nesse cachaceiro ele hoje e um zero a esquerda

    1. É mesmo patético, um ex-presidiário, com uma carga de processos nas costas, ladrão reconhecido, bandido consumado, vir a público arrotar ameaças contra o Presidente. Só aumenta a ojeriza q sentimos pelos ministros do STF, amigos de marginais, pois graças a eles este maldito CANALHA circula livremente, gastando o nosso dinheiro e cuspindo bravatas. É insuportável.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site