Lula pediu a FHC que libertasse sequestradores de Abílio Diniz

Segundo o petista, a liberação dos criminosos foi intermediada pelo senador e ex-ministro da Justiça Renan Calheiros (MDB)
-Publicidade-
Lula intercedeu pelos sequestradores de Abílio Diniz
Lula intercedeu pelos sequestradores de Abílio Diniz | Foto: Werther Santana/Estadão Conteúdo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) revelou, na sexta-feira 17, que pediu ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) a libertação dos responsáveis pelo sequestro do empresário Abílio Díniz.

O caso relatado pelo petista teria ocorrido em 1998, quase dez anos depois de Diniz ter sido alvo dos criminosos, em 1989. Entre os sequestradores, estavam argentinos, chilenos, canadenses e um brasileiro.

“Havia dez brasileiros presos”, disse Lula, em evento de pré-campanha realizado em Maceió (AL). “Foram presos em 1989, naquele sequestro do Abílio Diniz. Esses jovens ficaram presos por dez anos. E houve um momento em que fui conversar com Fernando Henrique, porque eles [os criminosos] estavam em greve de fome. Eles iriam entrar em greve seca, em que você fica sem comer nem beber. Aí, a morte seria certa.”

-Publicidade-

Em razão da greve, o petista intercedeu pelos sequestradores. “Então, fui procurar o ministro da Justiça, Renan Calheiros [MDB]. Ele disse: ‘Lula, vai conversar com Fernando Henrique, porque tenho toda a disposição para soltar o pessoal’. Falei para o FHC: ‘Fernando, você tem a chance de passar para a História como um democrata — ou como um presidente que permitiu que dez jovens, que cometeram um erro, morram na cadeia. Isso não apagará nunca’.”

Segundo Lula, para libertar os criminosos, FHC pediu a ele que os convencesse a acabar com a greve. “Fui até a cadeia, em 31 de dezembro, para conversar com os meninos. Falei: ‘Olha, vocês vão ter de dar a palavra para mim. Terão de garantir que vão acabar com a greve de fome. E vocês serão soltos’. Eles respeitaram a proposta e pararam a greve de fome. Não sei onde eles estão agora”, disse o petista.

Apesar de Lula se referir aos sequestradores como “jovens” e “meninos”, todos eram maiores de idade. David Robert Spencer e Christine Gwen Lamont, ambos canadenses, tinham 38 e 41 anos, respectivamente. Os irmãos argentinos Humberto Paz e Horácio Paz, responsáveis pelo planejamento do sequestro, tinham 34 e 39 anos. Ulisses Acevedo, 33 anos; Maria Marchi Badilla, 43; Pedro Lembach e Héctor Collante, ambos com 35; e Sergio Urtubia, com 34 anos, fecham a lista dos chilenos sequestradores. Raimundo Roselio Freire, o único brasileiro da lista, tinha 24 anos de idade.

O sequestro

Abílio Diniz foi sequestrado em 11 de dezembro de 1989. Numa entrevista ao Flow Podcast, ele deu detalhes dos seis dias em que permaneceu em cativeiro. “Na casa em que fiquei tinha um buraco, tipo um porão, e uma escadinha”, contou. “Dentro deste porão eles construíram um caixote grande e me puseram dentro dele.” Essa caixa tinha uma fechadura e era trancada por fora.

“Fizeram um buraco em cima desse caixote, puseram um cano e um ventilador do lado de fora”, lembrou. “Esse era o ar que vinha de fora.” O empresário contou que não conseguia ficar totalmente de pé e se esforçava para pegar ar. “Tinha certeza de que iria morrer”, afirmou. “Para poder respirar melhor eu precisava me levantar, encostar o nariz no cano e puxar o ar.”

O local também tinha um dispositivo de luz e de som usado para torturá-lo. “Puseram um controle de luz, às vezes deixavam tudo escuro, às vezes mais claro, às vezes tudo claro. E música alta. Era para me deixar meio enlouquecido.” Os sequestradores pediam US$ 30 milhões para libertá-lo.

Diniz foi solto em 17 de dezembro, depois de um cerco policial que durou 36 horas. No início de 1999, os estrangeiros que ainda estavam presos foram extraditados. O brasileiro recebeu indulto.

Leia também: “FALA MAIS, LULA!”, artigo de Augusto Nunes publicado na Edição 107 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

36 comentários Ver comentários

  1. “E houve um momento em que fui conversar com Fernando Henrique, porque eles [os criminosos] estavam em greve de fome. Eles iriam entrar em greve seca, em que você fica sem comer nem beber. Aí, a morte seria certa.”
    Ou porque eles(os criminosos) iriam abrir o “bico” revelando o nome do mandante……..?

  2. L de louco. Esse cara que chegou à presidência é ban-di-do-dô! Só não é marginal porque é queridinho do Fachin e do lobby dos 9 no STF. E tem muito “empresário” que paga as contas dele, apostando que ele vá voltar. Afinal, só o CEP do Fachin que não vê, o bandido é conhecido facilitador de corrupção e de ESPOLIAÇÃO. E afinal, quem paga os rombos causados por ele são todos aqueles que pensam em votar nele. Nós, do outro lado, do lado de quem entende um pouco da importância de se ter um Estado preservado, porém que não interfira tanto na vida privada e que seja protetor da propriedade de um pagador de impostos, não importa se saiamos, organizados e em ordem, para protestar contra a onisciência e onipotência de um STF corrupto, seremos sempre rotulados de anti democratas.
    Pobres coitados esses “meninos” do Lula, não? É a cultura da pobreza em ascensão.

  3. Já quando um preso político morreu, em Cuba, fazendo greve de fome, Lula saiu em defesa…da ditadura cubana!

    https://www.gazetadopovo.com.br/vida-publica/lula-diz-que-greve-de-fome-nao-pode-ser-pretexto-para-libertar-presos-cstukw3l79p92jmmg3kuhuyj2/

  4. Não tem volta. O povo brasileiro acordou, e com as armas baixas que usam, e até as Brancas: E TEM DATA MARCADA A NOSSA INDEPENDÊNCIA.
    Quem sobreviver até lá, que se junte ao nosso exército.
    Unidos estamos retomando a nossa pátria das mãos da bandidagem instalada desde os primórdios .

  5. Para surpresa de ninguém… Está explicado quem tem/teve contador de bandido… Está explicado quem frequenta sítio todos finais de semana de “um amigo meu”…. Está explicado o roubo de estatais ao menos três sabemos, faltam as outras 603…. Está explicado quando se aluga a casa de um estrangeiro que foi preso e responde processo em seu país por lavagem de dinheiro e organização criminosa…. As coisas vão se esclarecendo casa vez mais sobre a índole deste sujeito. Não vê quem tem interesses nestas “explicações”.

  6. E o interessante é que o Luladrão e a caterva ficam horrorizados com o indulto ao Daniel Silveira que, segundo o STF, cometeu crime de ameaça ao todo poderoso STF! Mostra a moralidade seletiva deles!

  7. Depois que a jararaca tomou uma cacetada no rabo parece que o ex-presidiário ficou meio abobalhado. As únicas verdades que consegue dizer são aquelas que comprovam a sua maldade, como a defesa incondicional de outros criminosos.

  8. Crime para esse pessoal do PT é coisa normal! São tratados como coitadinhos, como injustiçados e perseguidos! Eles têm raiva, ódio, ojeriza, a pessoas do bem, honestas, trabalhadoras!

  9. Nada contra a pessoa inteligente ousada que soube usar a fraqueza de seus adversários tão canalhas quanto MAS um país onde o sr. CAGA-LHEIROS vira ministro da Justiça merece mesmo é comer lixo … sem mais comentários.

  10. O réu descondenado e o ex-presidente vaidoso eram obedientes a internacional socialista da América do Sul.

    Não iriam perder a chance (que nós otários demos a eles) de soltar comunistas criminosos.

    No Brasil o crime compensa, e nós, o povo, temos agora a missão de renovar o legislativo e o judiciário.

  11. Ladrão entende de ladrão. Marginal entende de marginal. Corrupto sabe tudo de corrupto. Nine mal caráter……. , eternamente mal caráter. ( igual a 2005 – Mensalão, diz que nunca mais iria para este lado obscuro e dobrou a aposta – Petrolão ).

  12. Artigo do Jorge Serrão publicado no site da Jovem Pan News em 15.Jun.2022:

    Bolsonaro, Lula e membros do STF-TSE têm de ver “Entre Lobos” (*) para saber como o crime sabota o Brasil.

    Nova produção da Brasil Paralelo vai chocar o público pelo realismo violento; documentário tem tudo para gerar debate qualificado sobre os impactos socioeconômicos da banalização da insegurança.

    (*) Uma investigação inédita sobre o crime no Brasil – trailer oficial disponível no canal de vídeos da Brasil Paralelo no YouTube.

  13. Dois ladrões soltando ladrões! FHC/ Lula e o Renan realmente é triste, para mim sequestro não poderia ter soltura afinal eram terroristas criminosos como Lula e FHC.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.