-Publicidade-

Lula tenta de novo direito à Justiça gratuita

Ex-presidente afirma ter bens e contas bloqueadas e tenta não pagar processo ganho contra promotor do MP-SP.
Lula ganhou R$ 60 mil em ação contra promotor, mas não quer pagar custas do processo | Foto: Lula Marques/Agência PT
Lula ganhou R$ 60 mil em ação contra promotor, mas não quer pagar custas do processo | Foto: Lula Marques/Agência PT | lula, justiça gratuita, mp-sp, tj-sp, danos morais

Ex-presidente afirma ter contas e bens bloqueados e tenta não pagar processo ganho contra promotor do MP-SP

lula, justiça gratuita, mp-sp, tj-sp, danos morais
Lula ganhou R$ 60 mil em ação contra promotor, mas não quer pagar custas do processo
Foto: Lula Marques/Agência PT

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tentou, pela segunda vez, não pagar um processo que ganhou contra o promotor do Ministério Público de São Paulo Cássio Conserino.

Lula entrou com recurso contra decisão tomada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) que não permitiu que ele tivesse acesso à Justiça gratuita antes. O condenado duas vezes na Justiça alega que está com contas e bens bloqueados e que não tem como arcar com as custas do processo por danos morais.

Conserino foi obrigado em primeira instância a pagar R$ 60 mil por chamar o petista de “encantador de burros”.

O recurso de Lula, impetrado quando ele ainda estava preso, não chegou sequer a ser analisado pelo presidente do TJ paulista, que não viu admissibilidade na ação e disse que todas as questões apresentadas pelo ex-presidente já tinham sido discutidas na decisão anterior, em 2019, que negou o benefício.

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

5 comentários

  1. Meus amigos assinantes da revista OESTE, assistem o documentário “Brasil Paralelo” e “Pátria Educadora”. E divulguem o máximo.

  2. O cidadão tem salario do partido dos trabalhadores em torno de 25.000,00 mensais
    portanto não se encaixa ao pedido de justica gratuida – tudo c/ dinheorp dos petistas e do povo via fundo partidario

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês