Mais dois deputados estão com as contas suspensas no Twitter

Parlamentares do PL questionaram resultado das eleições de domingo 30
-Publicidade-
Major Vitor Hugo e Coronel Tadeu, deputados do PL com contas retidas no Twitter | Foto: Reprodução/Câmara Federal
Major Vitor Hugo e Coronel Tadeu, deputados do PL com contas retidas no Twitter | Foto: Reprodução/Câmara Federal

Depois de Carla Zambelli (PL-SP), mais dois deputados do partido do presidente Jair Bolsonaro (PL) tiveram as contas nos Twitter suspensas. Os perfis de Major Vitor Hugo (PL) e Coronel Tadeu (PL) foram retidos no domingo 6, de acordo um aviso que aparece na plataforma, ao tentar acessar seus endereços. “A conta foi retida no Brasil em resposta a uma demanda judicial”. Apesar do aviso, nenhum detalhe adicional foi informado pelo Twitter.

Foto: Reprodução/Twitter

No Instagram, Vitor Hugo fez uma publicação sobre o bloqueio da conta: “Faço parte dos times de censurados, escreveu. 

-Publicidade-

Coronel Tadeu também se manifestou sobre a situação brasileira de perda de liberdade de expressão. “Chegamos a esse ponto. Agora você decide o que faz: resiste ou sucumbe. A Alemanha resistiu e venceu. A Venezuela não foi tão forte assim. Não desista dessa luta, pois ela só está começando”, escreveu. “Sem poder falar com quase 80 mil seguidores no Twitter, me sinto como o povo cubano, o povo venezuelano e tantos outros povos que foram calados.”

Os dois parlamentares, assim como Ferreira, questionaram o resultado das urnas nas eleições presidenciais, realizadas no domingo 30, em que Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceu o pleito.

A deputada federal Carla Zambelli (PL-SP), que teve as contas de todas as suas redes sociais suspensas no início da semana, tinha declarado apoio aos manifestantes que protestam contra a vitória de Lula. Ela disse que vai denunciar nos Estados Unidos violação à liberdade de expressão.

Nikolas FerreiraPL-MG) também teve os perfis no Twitter  e no Instagram suspensos depois de questionar o resultado das urnas. Ele recuperou o acesso ao Instagram.

Outro que teve a conta suspensa no Twitter foi Marcos Cintra (União Brasil), candidato a vice-presidente na chapa de Soraya Thronicke (União Brasil), depois de questionar o resultado das eleições.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

20 comentários Ver comentários

  1. O “egg head” está calando os congressistas pró-honesto como se come papa – pelas beiras. Está isolando um por um, e os idiotizados não se juntam para fazer frente a esse militante useiro da inconstitucionalidade.

    1. Isso mesmo. O Luladrão roubou mais de um trilhão de reais e está solto. Controla a imprensa, o judiciário, fraudou a eleição à base de censura e manipulação dos resultados das urnas, e já comprou o congresso atual e o novo.
      Só o exército pode defender o povo agora.
      E se não o fizer já, assim que o nine fingers assumir, não mais conseguirá. É agora ou nunca!

  2. Esqueça isso. Se o Luladrão assumir em 1/jan é game over. Nunca mais vão sair. Vão mentir, enganar, roubar, ameaçar, prender, censurar todos os que se opuserem. Essa PEC não fará diferença nenhuma.

  3. Já passou de todos os limites da ilegalidade.
    O que ainda estamos esperando acontecer em meio a este cenário ditatorial, amoral e abjeto? Não é possível acreditar no que estamos vendo, ouvindo e vivendo em nosso país.
    A quem pedir socorro?

  4. Parece que o TSE tem medo de se explicar.

    Infelizmente, para o azar deles, qualquer pessoa que quiser contestar a legitimidade da eleição terá direito a uma resposta por escrito.

    “Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

    XXXIV – são a todos assegurados, independentemente do pagamento de taxas:

    a) o direito de petição aos Poderes Públicos em defesa de direitos ou contra ilegalidade ou abuso de poder; “

    1. E quem vai correr o risco de questionar o TSE por escrito? Só se for maluco.
      A resposta nunca virá, pois eles não têm prazo para responder, e a pessoa será perseguida e potencialmente presa.

  5. Gostaria de saber pq não se pode questionar o resultado das urnas, amparadas pelo art° 5° da Constituição? Quem esse careca de toga pensa que é, inquisitor??? Ou se acha presidente… é só jogar na cara desse canalha o resultado oficial do TSE e ver o que ele fala…

    1. Resposta simples: não se pode questionar porque lhes interessa manter a fraude à força, custe o que custar.
      O momento de definir se o Brasil será livre ou se ficará para sempre nas trevas é agora ou nunca.
      Se o Luladrão tomar posse depois dessa eleição comprovadamente fraudada, é game over. Nunca mais haverá possibilidade de reação. Eles vão aparelhar todo o estado, perseguir, ameaçar e calar as poucas vozes contrárias em menos de 6 meses, e se perpetuar no poder.
      Eles só precisam aguentar o tranco até 1/jan.

  6. O poder tem horror ao vácuo. Se quem deve exercê-lo se omite alguém vem e o toma. É assim desde o tempo das cavernas. Atualmente a coisa se “estabiliza” segundo a máxima do velho Mao Tse Tung, “o poder político emana do cano de um fuzil”…

  7. Espero que o Pacheco vá preso por crime contra a nação. Elemento inútil no senado. Quantos impeachments estão arquivados por ele? É a máfia no poder, através do STF em conclúio com o presidente do senado. Podemos ver claramente como é.

  8. Essa esquerdalha é louca. Eles querem roubar na cara dura, e querem à força que todos, absolutamente todos fiquem calados. Será que não percebem que isso é impossível?
    Já há provas mais que suficientes para afirmar que a eleição teve sérios problemas, problemas esses que modificaram o seu resultado. Independente de quem é a culpa, se foi intencional ou apenas um erro, o fato é que a eleição é claramente inválida. Não adianta negar os fatos.
    Se o TSE não tomar vergonha na cara, e não declarar a eleição inválida esta semana, convocando novas eleições com urnas de papel, teremos uma escalada extremamente perigosa para a população, podendo chegar a uma guerra civil.

  9. Aqui no Xandaquistão tá feia a coisa! Acabou a liberdade de expressão, só pode dizer aquilo que o xandão gosta de ouvir, caso contrário ele cala no poder da caneta!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.