Mandetta recebeu aval do DEM para entrevista ao Fantástico

Integrantes do partido queriam mostrar ao presidente da República apoio às medidas adotadas pelo ministro da Saúde
-Publicidade-
Mandetta Presidente

Integrantes do partido queriam mostrar ao presidente da República apoio às medidas adotadas pelo ministro da Saúde

Integrantes do DEM deram aval ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, para que ele se manifestasse sobre o coronavírus em entrevista ao Fantástico, da Rede Globo, ontem.

-Publicidade-

MAIS: PGR garante que a decisão sobre isolamento social cabe a Bolsonaro

Membros do partido ouvidos por Oeste admitiram que pretendiam passar uma mensagem ao presidente da República, Jair Bolsonaro, de que as medidas adotadas por Mandetta são as mais eficazes no combate ao coronavírus. Mandetta e Bolsonaro têm discordado publicamente das ações sanitárias adotadas para conter a covid-19.

O problema é que a entrevista pode apresentar um efeito colateral. O presidente ficou extremamente irritado com a atitude de seu auxiliar. Nesta segunda-feira, 13, aumentou a pressão dentro do governo pela exoneração do ministro da Saúde.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

11 comentários

  1. Mandetta falou o desnecessário, e ofendeu a hierarquia. Em qualquer instância, público ou privada, o subalterno seria demitido.
    Mandetta sabendo que a situação vai piorar, naturalmente pela evolução do contágio e pela chegada do inverno, tenta provocar sua saída para depois comer o fruto do sucesso inicial comparando com a piora da situação.
    Com isso quer manter o nome em alta qualificando-se, inesperadamente, a candidato a presidência da república.

    1. É muita ousadia querer se aproveitar politicamente desse holofote que ora se encontra. Aqui no Brasil qualquer 15 minutos de fama, as pessoas aproveitam para virar celebridade. São pretensiosos ao extremo. Mandetta está forçando a exoneração pra se fazer de vítima, e Bolsonaro não deverá fazê-lo, ele que peça pra sair, mas antes se explique sobre o processo em MS.

    2. Sabe, tenho pensado nisto: a estratégia atual não é sustentável a longo prazo e o inverno está chegando. “Empurramos” a epidemia para o inverno sem atingir a imunidade de rebanho. Nos resta orar, e muito, para que a HCQ funcione e evite o caos.

  2. Não assisti, mas o ministro não poderia passar por cima da autoridads do Presidente, mesmo para elogiá-lo. Ele não foi autorizado… por trás , como sempre, o “sujo e corrupto” Rodrigo Maia e a súcia do Democratas.
    Bolsonaro não irá demiti-lo e ele “sangrará até a exaustão”…

  3. O conluio que reina entre o legislativo e judiciário não será suficiente para destruir uma Nação. Acordamos em 2.013, e encerramos 35 anos de conluio entre os 3 poderes, sob supervisão do 4º poder a imprensa, principal co-responsável pela degradação a que chegamos.
    Somente com o avanço das pautas elencadas em 2.013 salvamos o Brasil da epidemia da corrupção, que dizimou e afetará mais vidas do que o Codiv-19. FIM DO FORO PRIVILEGIADO e PRISÃO EM 2ª INSTÂNCIA. ESTA É A ORDEM.
    Ainda que não apoiada pelas forças armadas.

  4. Acho que isso é uma armadilha para o Bolsonaro. Concordo que deve deixar o Mandetta pedir demissão. Sábado ele falou uma coisa e domingo mudou completamente o discurso. Só não vê quem não quer. Ele tá querendo faturar politicamente em cima da situação. É um crápula, sem caráter, ardiloso e muito perigoso.

    1. Tem razão. O que esse incompetente fez no MS até agora, a não ser divulgar a evolução da crise, tentar e não conseguir adequar a estrutura hospitalar? Mandetta politizou a crise ao se escorar no DEM.

  5. Os políticos ou são falsos, mentirosos, corruptos ou hipócritas, o Mandetta conseguiu ser tudo isso na surdina, agora quer medir força.
    O Bolsonaro não deve demitir ele antes dele liberar o isolamento vertical. Tenho certeza que ele vai ficar surpreso
    quando entender que não adiantou nada segurar tanto tempo. As mortes vão acontecer de qualquer jeito e aí ele também vai ser o responsável por essas e outras que virão.
    Desconfie sempre do amigo do amigo bandido.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site