Marcos Rogério exonera assessor preso em operação contra tráfico de drogas

Marcelo Guimarães Cortez Leite trabalhava no gabinete do parlamentar em Porto Velho
-Publicidade-
Senador Marcos Rogério | Foto: Pedro França/Agência Senado
Senador Marcos Rogério | Foto: Pedro França/Agência Senado

Um assessor parlamentar do senador Marcos Rogério (DEM-RO) foi preso na quarta-feira 1º durante uma operação da Polícia Federal contra o tráfico de drogas. Em seguida, o parlamentar decidiu exonerar o assessor.

Marcelo Guimarães Cortez Leite trabalhava no gabinete do parlamentar em Porto Velho. A Operação Alcance investiga uma organização criminosa que envia drogas da região Norte para Fortaleza. Ao todo, foram cumpridos 42 mandados de prisão preventiva e 60 de busca e apreensão.

Leia mais: “Bolsonaro: quando um do STF começa a ‘dar problemas’, ministros devem conversar com ele”

-Publicidade-

Pelas redes sociais, Marcos Rogério informou ter sido surpreendido com a busca e apreensão na casa do assessor e informou não ter informações se existe ou não envolvimento de Marcelo Leite na prática de algum ilícito.

“Em decorrência das investigações em curso decidi exonerá-lo, aguardando maiores esclarecimentos dos fatos”, escreveu o senador.

O assessor é casado com uma promotora local e tinha um salário de R$ 4,5 mil líquido no Senado.

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro