Marcos Rogério: objetivo da CPI é fazer Bolsonaro ‘sangrar’ para 2022

'Foco é político-eleitoral. Jogaram para dentro da CPI a pré-campanha', afirmou o senador em entrevista ao Direto ao Ponto, da Jovem Pan
-Publicidade-
O senador Marcos Rogério (DEM-RO) foi o entrevistado do <i>Direto ao Ponto</i>, da Jovem Pan
O senador Marcos Rogério (DEM-RO) foi o entrevistado do Direto ao Ponto, da Jovem Pan | Foto: Reprodução/YouTube

Em entrevista ao programa Direto ao Ponto, da Jovem Pan, na noite de segunda-feira 12 (clique aqui para assistir à íntegra), o senador Marcos Rogério (DEM-RO), um dos integrantes da CPI da Covid, afirmou que o principal objetivo da tropa oposicionista que controla a comissão é desgastar o governo do presidente Jair Bolsonaro para enfraquecê-lo na disputa eleitoral de 2022.

O foco, para mim, é político-eleitoral. Eles jogaram para dentro da CPI a pré-campanha. É a antecipação de uma campanha, e não de construção de imagem. Neste caso, de desconstrução. É fazer sangrar para nivelar o jogo eleitoral para 2022″, afirmou o senador. 

Leia também: “Marcos Rogério: CPI é ‘manca’ e vem atuando para ‘criminalizar’ Bolsonaro”

-Publicidade-

Marcos Rogério enumerou todas as “narrativas” apresentadas pela oposição desde o início da CPI para, segundo ele, atingir Bolsonaro. “Deram uma ênfase demasiada à carta da Pfizer, depois trataram do ‘gabinete paralelo’, passaram por Copa América e agora estão com foco na corrupção. Dizem que se está diante do maior escândalo de corrupção de todos os tempos. Quando você vai olhar para as evidências, pergunto: quanto foi pago desses contratos [para compra de vacinas]? Qual o valor desviado? Quem se favoreceu ou se beneficiou? Não foi pago um centavo de real”, disse o parlamentar. 

Consórcio Nordeste e corrupção nos Estados

Durante a entrevista, Marcos Rogério destacou a série de irregularidades envolvendo governos estaduais durante a pandemia — que não foram investigadas pela comissão até o momento. “Eu espero que seja investigado. Esse tem sido o nosso trabalho na CPI desde o começo. Começamos tentando levar a investigação do Consórcio Nordeste, que é um caso emblemático. Passaram a mão, este é o fato”, disse o senador. “Você teve escândalos graves nos Estados. Nós temos muitas evidências de crimes que aconteceram. A CPI não vai investigar?”, indagou. 

Leia mais: “Reverendo que teria negociado vacinas apresenta atestado para não ir à CPI”

Voto ‘impresso’

Além da CPI da Covid, Marcos Rogério falou sobre as discussões no Congresso Nacional em torno do voto “impresso” nas eleições de 2022. A proposta é defendida por Bolsonaro, mas enfrenta forte resistência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e de partidos de oposição.

Leia também: “‘Não vou responder para três bandidos’, diz Bolsonaro sobre carta da CPI”

“Eu estranho movimentos fora do Congresso que queiram rotular essa proposta como retrocesso ou antidemocrática. É natural que o Parlamento discuta essa e qualquer outra proposta legislativa. Não se está buscando criar um mecanismo que diminua a transparência ou a segurança. É o contrário: amplia a transparência, melhora a segurança e aumenta a confiança do eleitor no resultado da votação”, afirmou. “O Parlamento tem que avançar com esse tema. Cabe à Justiça Eleitoral, lá na frente, com a decisão do Parlamento, implantar. Não estamos voltando ao tempo do voto em cédula. O que está sendo discutido é um sistema em que você possa ter a auditagem.”

Eleições 2022

O senador do DEM de Rondônia também foi indagado sobre o cenário eleitoral do ano que vem. Em sua avaliação, a tendência é uma nova polarização entre Bolsonaro e o PT na disputa pelo Planalto. 

Leia também: “Barros afirma que CPI o ataca, mas não dá direito à defesa: ‘Covardia’”

Considerando o mapa, os times já estão escalados. Você tem os dois grandes jogadores, o presidente Bolsonaro e o ex-presidente Lula. Pré-candidatos à ‘terceira via’ há muitos. Agora, tem que combinar com o povo”, ironizou Marcos Rogério. “Quem está apresentando melhor performance é o próprio presidente Bolsonaro, que passou pelas urnas recentemente, e o ex-presidente Lula, em razão da história do PT nas eleições. O cenário passa por aí. Neste momento, não vejo ainda nenhum nome com essa cancha, com esse potencial de crescimento.”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

5 comentários

  1. Esse Senador Marcos Rogério é uma grata surpresa no Senado, destemido, inteligente ,bem assessorado realmente um Senador que nos dá esperança de um futuro melhor. Quanto a sangrar o Presidente, esse pessoal da CPI ainda acha que somos um bando de estúpidos. Uma CPI com Omar Aziz, Renan Calheiros, Randolfe, o falso médico da Bahia, o saltitante do Espírito Santo, duas Senadoras dignas da Dilma pelas narrativas malucas, um petista, não precisa falar mais nada. Querer levar essa CPI à serio, só os extremamente estúpidos, os esquerdistas, jornalistas em fase de desmame, empresas de comunicação semi falidas, blogs de notícias financiados por financeiras que viram seus ganhos minguarem, políticos corruptos e os mais danosos os isentões covardes , prudentes e sofisticados.

    1. Sábias palavras REMI, essa CPI poderia durar até às eleições, esses carniças, verdadeiros bandidos processados (não estão presos por benefício da maldita proteção que o cargo lhes dar) já tinham sido esquecidos pelos eleitores, mas com a CPI, voltaram a ser lembrados, o Omar Aziz que é acusado de desvios de mais de 250 milhões na área da Saúde e teve a esposa e três irmãos presos por corrupção e outros crimes, Renan Calheiros recordistas em processos no STF, o senador DPVAT rachadinha Randolph, Cátia ladra de pastas e rainha do desmatamento no Pará, etc. Essa CPI está sendo muito útil para o eleitor 👏🏾👏🏾👏🏾👏🏾👏🏾

    2. ESPERO QUE OS BRASILEIROS RESPONDAM NAS URNAS.
      Se o lulamolusco ganhar e o povo aceitar está declarada a falência da democracia no Brasil.
      Venezuela Brasileira em breve

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site