Marcos Rogério reitera apoio a Bolsonaro e vê União Brasil na ‘centro-direita’

Senador minimizou divergências entre defensores e opositores do governo em novo partido: 'Essas situações serão equacionadas'

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
O senador Marcos Rogério participou do <i>Opinião no Ar</i>, da RedeTV!
O senador Marcos Rogério participou do Opinião no Ar, da RedeTV! | Foto: Reprodução/YouTube

Em entrevista ao programa Opinião no Ar, da RedeTV!, nesta quarta-feira, 6, o senador Marcos Rogério (DEM-RO) comentou a fusão sacramentada hoje entre o Democratas e o PSL — que deu origem a um novo partido, o União Brasil. Segundo o parlamentar, a nova legenda deve se situar no campo da centro-direita no espectro político.

“A tendência natural é ser um partido de centro-direita. As bandeiras do liberalismo econômico e os fundamentos que o DEM sempre defendeu serão mantidos neste novo formato”, afirmou Marcos Rogério, que é apoiador do governo do presidente Jair Bolsonaro.

Leia mais: “Fusão entre DEM e PSL é aprovada e dá origem ao União Brasil”

-Publicidade-

Indagado sobre as diversas correntes do DEM e do PSL, com lideranças que apoiam e outras que fazem oposição a Bolsonaro, o senador disse que haverá um “entendimento” com vistas às eleições de 2022.

“A partir de agora, é continuar o diálogo. Para chegar até aqui, houve muito diálogo e entendimento; tanto o deputado [Luciano] Bivar [presidente do PSL] quanto o presidente ACM Neto conversaram muito”, afirmou.

“Em relação às eleições de 2022, esse é um diálogo que vamos ter que travar no momento apropriado. Agora é resolver a fusão, é fazer os arranjos de organização partidária. O meu entendimento é que deve haver uma deliberação para dar conforto a cada regional do partido. Temos um conjunto de apoiadores do presidente Bolsonaro, como temos também alguns que são oposição e outros independentes.”

Leia mais: “Partido fruto da fusão entre DEM e PSL já tem nome e número”

Segundo Marcos Rogério, o ideal é que o União Brasil seja criado em “um ambiente no qual as decisões sejam colegiadas”. “Essas situações serão equacionadas no momento certo”, assegurou o parlamentar.

O senador reiterou seu alinhamento com as pautas defendidas pelo atual governo. “Eu, particularmente, sou aliado do presidente Jair Bolsonaro e assim devo me manter”, disse Marcos Rogério.

Leia também: “PSL aprova convenção para sacramentar fusão com o DEM”

Ainda segundo o senador, o presidente nacional do novo partido deve ser do PSL, “por ter a maior bancada neste momento”. “O melhor caminho seria ter um ambiente de liberdade dentro do partido”, completou.

Leia também: “ACM Neto volta a criticar Doria e afirma que Leite é ‘mais agregador’”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. Um dos políticos que tem meu respeito, hoje em dia, tomara que vá longe e que ainda o vejamos como Presidente,um dia, seria um ótimo representante da direita.

  2. Senador Marcos Rogério, infelizmente existe uma gama de maus deputados, que foram
    eleitos nas costas de Bolsonáro, não tem como haver união com esses elementos e Presidentes como do Dem e do próprio Psl, muito difícil essa união com Bolsonaro, tenho certeza que deputados iguais a você, irão migrar para o Partido dele,
    e todos irão se reeleger com votos da maioria dos Brasileiro conservadores.

  3. PARABÉNS AO ATUANTE SENADOR MARCOS ROGÉRIO.
    MAS COM TODO RESPEITO SENADOR, MUITOS CANALHAS VÃO SE ELEGER NAS COSTAS DE BOLSONARO E DEPOIS VEM A TRAIRAGEM.
    INFELIZMENTE A MAIORIA DOS POLÍTICOS SÃO HIPÓCRITAS E DESONESTOS.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.