MBL inicia ‘missão’ e convoca militância para defender Arthur do Val nas redes

Um dos gestores da plataforma de cursos do grupo orienta alunos a comentarem em postagens da mídia para apoiar 'Mamãe Falei'
-Publicidade-
Evento de filiação de membros do MBL ao partido Podemos, em São Paulo - 26/01/2022 | Foto: Roberto Sungi/Estadão Conteúdo
Evento de filiação de membros do MBL ao partido Podemos, em São Paulo - 26/01/2022 | Foto: Roberto Sungi/Estadão Conteúdo | Foto: Divulgação/MBL

Ricardo Almeida, coordenador do Movimento Brasil Livre (MBL) na Bahia e um dos gestores da Academia MBL (plataforma de cursos), orientou seus alunos a iniciarem uma “missão” para defender o deputado estadual Arthur do Val. O parlamentar se tornou alvo de pedidos de cassação em virtude de falas sexistas.

“A gente está sofrendo um ataque duríssimo, que está ampliando imensamente o que aconteceu”, disse Almeida, em um áudio de WhatsApp vazado. “Estão querendo cassar o mandato do Arthur do Val, que é um dos melhores parlamentares que a gente tem e um dos melhores quadros do MBL”, afirmou.

Na sequência, Almeida dá as diretrizes do modus operandi: “Em todos os posts, em todos os lugares que houver comentários sobre o Arthur do Val, seja no G1, seja no Instagram, seja em perfis de outras pessoas, comentem defendendo o Arthur. A gente está sob pressão e quer muito a ajuda de vocês agora.”

-Publicidade-

Nota do MBL sobre a missão em prol de Arthur do Val

“O áudio é de autoria do professor Ricardo Almeida. Trata-se de uma instrução para a militância do movimento reagir à campanha desproporcional contra o deputado. Sabendo que o deputado já barrou aumento de impostos, reduziu salários da Assembleia durante a pandemia e sempre apresentou um excelente trabalho, é esperado que haja, sim, uma defesa por parte dos apoiadores, visto que a cassação é completamente descabida.”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

15 comentários Ver comentários

  1. Ué? Eles não são tão poderosos? Ameaçam todo dia arrematar milhões para as ruas pedindo a queda do Bolsonaro. Fica fácil para os megalomaníacos barrarem a cessação

  2. Durante esses 4 anos de governo Bolsonaro tenho notado algumas coisas não explicáveis, todos os traidores e oportunistas que lançaram falsos testemunhos e acusações ao Jair estão caindo um por um e por ações pessoais deles mesmos, a lei da semeadura é real!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.