MBL minimiza declarações de Arthur do Val: ‘Não invalidam o objetivo da viagem’

Na sexta-feira 4, o deputado havia dito que as mulheres ucranianas são ‘fáceis’ porque são ‘pobres’
-Publicidade-
Arthur do Val é pré-candidato ao governo paulista
Arthur do Val é pré-candidato ao governo paulista | Foto: Reprodução/Instagram

O Movimento Brasil Livre (MBL) minimizou as declarações do deputado estadual Arthur do Val (Podemos) sobre as mulheres ucranianas. Em nota divulgada neste sábado, 5, o grupo afirma repudiar o teor dos áudios vazados, mas considera que isso não invalida seu objetivo na viagem à Ucrânia: arrecadar R$ 250 mil para os refugiados do país.

Na abertura do texto, o MBL escreve que a atitude do parlamentar foi incorreta, seja com as mulheres ucranianas seja com as brasileiras. A ressalva está no segundo parágrafo. “Tal fato, contudo, não invalida o objetivo da viagem, que se cumpriu ao arrecadarmos mais de R$ 250 mil para os refugiados ucranianos”, diz a nota. “Ainda assim, lamentamos o mal-estar que causamos às pessoas, especialmente às mulheres, que se indignaram com os áudios.”

O pronunciamento encerra com um recado a apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do atual chefe do Executivo, Jair Bolsonaro. “Aos aproveitadores, lulistas e bolsonaristas, que viram nessa ocasião apenas um motivo para nos atacar, devemos reiterar que nada impedirá o MBL de continuar com seu trabalho em prol da terceira via, de uma alternativa aos projetos políticos criminosos do PT e de Bolsonaro”, conclui.

-Publicidade-

A seguir, a nota do MBL

Leia também: “Comunidade ucraniana pede cassação de Arthur do Val”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

40 comentários Ver comentários

  1. A emenda ficou pior que o soneto…. aff. O MBL deveria apenas pedir desculpas, dizer que a viagem se tornou um fracasso após o vazamentos dos áudios e que estariam disciplinando o integrante do grupo. Como nada disso foi dito, fica claro que esse grupo passou pano e ainda tenta se justificar. O mais hilário, sim… engraçado, é que a explicação deles da existência da polarização no país é que um lado depende do outro para rivalizar. Percebam que eles se colocam como rivais dos dois lados que eles acusam? Quero dizer… eles estão na mesma posição condenatória que eles acusam os demais que não pensam como eles. O Poder subiu pra cabeça. RIP MBL.

  2. Revista Oeste, por favor estou de saco cheio , desculpe a expressão, por vcs toda a vez me obrigarem a fazer cadastro novamente.
    Sou assinante da revista pô, coloquem isso no cadastro enquanto estou pagando as mensalidades.

  3. Todos esses ridículos se elegeram apoiando o Presidente Bolsonaro e sabemos que só foram eleitos a reboque dos eleitores do presidente.
    Agora que mostraram a verdadeira cara, vão afundar na tal da inexistente “terceira via” e nunca mais serão reeleitos. Bom nos livrarmos de escória.

  4. Nota tosca e desprezível do MBL e de seus apoiadores que,em vez de condenar com veemência os verdadeiros covardes e inescrupulosos partidários,atacam quem denuncia.

  5. Essa terceira “vila”é onde, hein? Já procurei por toda parte e ninguém ouviu falar. Nao deve ter muita gente lá, não.

  6. “Nada impede o MBL de continuar na busca da terceira via”, é livre, entretanto, este movimento continua podre – “um reino dividido”.
    A atitude do deputado Artur do Val escancara a vícera podre do MBL e partido que apoia.
    O tal deputado foi para Ucrânia para detonar Bolsonaro, ele deixa isso bem claro, em mensagens postadas durante a viagem de ida, logo, então, vemos quem é podre, mentiroso e enganador. Desespero enlouquecido da terceira via que não tem candidato.

  7. Pelo dito, o MBL e o MAMÃE, FALHEI pensam a mesma coisa, são muito iguais.
    Aliás, o do Val não enviaria tais mensagens Nojentas para seus amiguinhos do MBL, via áudios, se todos não pensassem do mesmo modo.

  8. Quem opina (decide) sobre isto somos nós como sociedade , não seus comparsas .
    Esta fala revela seu verdadeiro caráter e quem tem este perfil não pode fazer parte da vida pública.

  9. UMA “ORGANIZAÇÃO” INTITULADA PARTIDO, QUE TENTA DEFEDER UM CRÁPULA DESSE, É UM VERDADEIRO LIXO. E QUAL ERA MESMO O OBJETIVO DE UM INSIGNIFICANTE DEPUTADO NO MEIO DE UMA GUERRA?

  10. Uma constatacao: A cultura do cancelamento venceu. Se espalhou pelo mundo como um virus. Contaminou a gregos e troianos. Nao importa a raca, cor ou credo. Nesciamente o ser humano tirou de seu semelhante (e por conseguinte de si proprio) o direito de errar. O Ser mais sabio que ja pisou na terra uma vez disse: “Aquele dentre vos que nao tiver pecado atire a primeira pedra.” Para a sorte Dele isso foi dito em outros tempos. Seria implacavelmente cancelado se tivesse dito isso hoje. Seria acusado de passador de pano, ofendido e desumanizado. Quem precisa de cruz pra morrer? O assassinato de reputacao eh mais eficiente e economiza pregos.

    1. Renato , errado .
      Isto não é cancelamento , ele mostrou quem realmente é , uma pessoa que não pode ser pública , formadora de opinião e parlamentar.
      No mais ele continuará com sua vidinha , longe de nós e está perdoado .

  11. Uma pessoa que abre uma campanha de arrecadação se dizendo portadora de câncer, quando não está com câncer, comete crime de estelionato. No caso em apreço, houve arrecadação claramente desvirtuada de sua motivação a qual é torpe, apreço por turismo sexual. Quem contribuiu com a campanha do MBL tem direito de imediato ressarcimento, incluindo danos morais.

  12. Esse nome ‘Mamãe falei’ é algum tipo de fixação? Acho que tem alguns políticos que vão apoiar este canalha. Mulheres (ou menores) indefesas e fragilizadas tornam mais fácil a simulação de virilidade. Talvez se crie o Movimento Baixa Libido.

  13. Ouvi o áudio, não é diferente, e até muito mais ameno, do que os comentários que homens estrangeiros fazem das mulheres brasileiras após passarem carnaval no Brasil, até porque nossa imagem no exterior é péssima nesse aspecto. Mas um homem público, em viagem oficial, emitir um pronunciamento público com tal natureza é, de fato, uma torpeza sem tamanho. Parece um adolescente de 15 anos.

  14. Como pode ser tão escroto. Isso aí representa nosso país em um momento tão sofrido pela Ucrânia. Quem financiou a viagem desse cara? Candidato a governador de São Paulo e perdeu a meia dúzia de votos que teria. Está muito difícil votar no Brasil. Pelo menos em cargos legislativo não devemos reeleger ninguém.

  15. E Pensar que o NOVO30 abriu mão de gente honesta, coerente com princípios e valores sólidos e liberais de FATO, para acomodar esse grupelho MBL nas fileiras do partido que, às duras penas, ajudei a construir desde o início em 2013.
    VERGONHA JOÃO DIONISIO AMOEDO… eu avisei desde o inicio que ERAM “MULEQUES”

  16. Até quando ? Aturar as investidas de playboys bancados não sei por quem …pra satirizar e humilhar pessoas em situações de guerra? Uma hora e o nazismo, traicoes e agora o novo Calígula

  17. E pensar que o MBL,já foi esperança de renovação política. Hoje vemos que se trata de um bando de oportunistas sem escrúpulos, depravados morais, porra loucas que usam o movimento para iludir os trouxas e enriquecer.

  18. O QUE VOCÊS MERECEM MBL , É UMA TERCEIRA ROLA BEM GROSSA E BEM ENFIADA , VOCÊS NÃO PASSAM DE UMA CAMBADA DE VAGABUNDOS , O BRASIL SÉRIO CANSOU DISSO ,CHEGA!!!!!

  19. Nós entendemos, o objetivo do vigarista era ir lá pegar mulher porque o outro babaca bateu pra ele que elas são fáceis por serem pobres, só isso. Queriam impressionar e se tornaram mais imorais do que já são.

  20. Criminosos são voces, Movimento Bumbum Livre. Onde se mexe em assuntos ligados a vocês , te coisa errada. Inclusive apologia a estupro, pornografia infantil, trafico de influência, apologia ao nazismo, etc. Voces são uma desgraça…isso é a 3a. via? Vão trabalhar, cambada de playboys vagabundos. VOces não representam ninguem, seus bostas.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.