MDB, PSDB e Cidadania vão fazer pesquisas para definir candidato único

Partidos reafirmaram intenção de lançar um nome de consenso ao Palácio do Planalto
-Publicidade-
Da esquerda para a direita: vice-presidente do Cidadania, deputado Daniel Coelho, e presidentes do MDB,  Baleia Rossi, e do PSDB, Bruno Araújo | Foto: Divulgação
Da esquerda para a direita: vice-presidente do Cidadania, deputado Daniel Coelho, e presidentes do MDB, Baleia Rossi, e do PSDB, Bruno Araújo | Foto: Divulgação

Mesmo depois de o União Brasil desembarcar da chamada “terceira via”, MDB, PSDB e Cidadania reafirmaram nesta quarta-feira, 11, a intenção de lançar um candidato único à Presidência da República. Em nota, os partidos disseram que serão realizadas pesquisas para a definição do nome.

Os presidentes do MDB, deputado Baleia Rossi, do PSDB, Bruno Araújo, e do Cidadania, deputado Roberto Freire, que participou por videoconferência, reuniram-se hoje na sede do PSDB em Brasília, onde avançaram em “critérios convergentes para a escolha do candidato único”, que serão: pesquisa qualitativa e pesquisa quantitativa.

-Publicidade-

“Os parâmetros iniciais foram propostos pelo MDB e aprimorados pelos presidentes das demais agremiações. Serão agora apresentados à aprovação das instâncias partidárias e aos postulantes à Presidência, para que, em curto prazo, seja apresentado ao povo brasileiro um projeto democrático que aglutine esperança no futuro do país”, disse os dirigentes.

Pelo MDB, a pré-candidata ao Planalto é a senadora Simone Tebet, de Mato Grosso do Sul; ela já disse que não aceita ser vice em uma eventual chapa à Presidência. Pelo PSDB, o pré-candidato é o ex-governador de São Paulo João Doria. Os dois enfrentam resistências dentro dos próprios partidos.

Federação entre PSDB e Cidadania

Também nesta quarta-feira, o PSDB e o Cidadania protocolaram no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o pedido de registro de federação partidária. O relator do pedido será o ministro Ricardo Lewandowski. Este é o segundo pedido de federação, o primeiro foi protocolado em abril por PT, PCdoB e PV.

Diferente das coligações, nas federações os partidos se unem por pelo menos quatro anos, e não somente no período eleitoral. De acordo com o pedido entregue ao TSE, a federação entre PSDB e Cidadania tem como objetivo defender, entre outros pontos, a democracia e o desenvolvimento inclusivo e sustentável.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.