Revista Oeste - Eleições 2022

MEC: Cármen Lúcia envia à PGR pedido de investigação contra Bolsonaro

Depois de parecer, ministra vai decidir se abre investigação ou arquiva pedido
-Publicidade-
Cármen Lúcia quer opinião da procuradoria sobre investigação  | Foto: Nelson Jr.
Cármen Lúcia quer opinião da procuradoria sobre investigação | Foto: Nelson Jr.

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que a Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifeste sobre um pedido de investigação contra o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), para saber se ele teve envolvimento em suposto caso de corrupção envolvendo o Ministério da Educação durante a gestão de Milton Ribeiro. O despacho foi assinado na sexta-feira 24.

O pedido de apuração ocorre depois de o ex-titular da pasta ter sido alvo de uma operação da Polícia Federal (PF) que investiga o MEC. A principal acusação é que o Ministério da Educação privilegiava prefeitos indicados pelos pastores Gilmar Santos e Arilton Moura em repasses do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Ribeiro comandou a pasta entre julho 2020 e março de 2022.

No STF, o pedido para investigar Bolsonaro partiu do deputado federal oposicionista Reginaldo Lopes (PT-MG). Ele pediu ao Supremo que seja investigado se Bolsonaro tinha conhecimento das irregularidades e se teve informações privilegiadas sobre a operação em que Ribeiro foi preso.

-Publicidade-

Em uma interceptação telefônica, Ribeiro disse para a filha que o presidente ligou para alertá-lo sobre uma possível operação contra o ex-ministro.

A partir do áudio, o Ministério Público Federal pediu à Justiça do Distrito Federal o envio da ação que investiga Milton Ribeiro por supostos atos de corrupção e tráfico de influência para o Supremo Tribunal Federal, porque Bolsonaro tem foro privilegiado. No STF, Cármen Lúcia é relatora.

Advogado diz que Bolsonaro e Ribeirão não conversam

O advogado Frederick Wassef, que defende o presidente Bolsonaro, afirmou na sexta-feira 24 que o chefe do Poder Executivo e o ex-ministro da Educação Milton Ribeirão “não conversam”.

“Não existe nada entre o presidente e o ex-ministro. Eles não têm contato, eles não se falam. Ele [Bolsonaro] não é advogado e nada tem a ver com o ex-ministro e investigações”, afirmou o advogado.

No domingo 26, Bolsonaro defendeu o ministro Ribeiro e afirmou que a investigação no MEC começou depois de pedido do ex-ministro.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

31 comentários Ver comentários

  1. Os tentáculos da quadrilha na suja guerra revolucionária contra o Estado e Nação não vão parar sua estratégia de destruir o governo para impor o seu ladrão descondenado … Art 142 da CF já antes que esta gentalha transforme o chiqueiro venezuelano ou cubano .. no pardieiro argentino já chegamos lá faz tempo e com inestimável ajuda dos vampiros do patropi.

  2. Esta prevaricadora não julga nenhum corruto eterno do Brasil, um tal Renan por exemplo (com 15 processos criminais) e que instalou tentáculos no TCU, TSE e muitas outras instituições públicas, que não servem mais ao povo e sim aos interesses das gangs organizadas de Brasília!!

  3. Não vai adiantar nada, pedido de deputado de partido bandido aceito pela banda do STF para investigar crime inexistente.

    Mais um relatório para a PF arquivar.

    Bolsonaro vai vencer fácil essa oposição de lerda.

    É melhor Jair se acostumando de novo.

    Em 2022 é 22 !

  4. Na minha opinião o artigo deveria ser corrigido. O presidente não ligou para o ministro dizendo que haveria uma operação da polícia federal contra ele, o ministro, mas sim, falando que achava que para atingi-lo, o presidente, o ministro poderia ser alvo de uma operação.

  5. https://www.terra.com.br/noticias/brasil/politica/auxilio-caminhoneiro-bolsonaro-usa-agu-para-se-blindar-contra-acoes-no-tse,19d61ff522eeedd6fbcfdc294c9f4bc0iyvkcx1b.html

  6. Se o Bolsonaro é tão honesto quanto vocês dizem, deixem que investiguem, vocês defendem o cara como se fosse da família, é só mais um ganhando a vida em cima de cargo político.

    1. André o próprio ministro pediu a controladoria da União para fazer um pente fino e creio que solicitou também a PF. E estes órgãos estão investigando, tanto é que o juiz pediu a prisão dos dois farsantes pastores, com base na investigação que o próprio ministro iniciou! Assim como a cpi do circo, mais um tiro de festim!
      Agora, que o MEC esta rodeado de ratazanas comunas, tentando morder o queijo, sem dúvidas, tanto é que o Rodrigo Maia tentou emplacar um diretor , o que distribuía verbas no Brasil inteiro!

  7. Carmen Lúcia, não se distingue dos demais ministros todos eles unidos com a finalidade de atacar o Presidente. Mais uma com seus dias contados.

  8. na PGR já sabemos o que acontecerá: Aras vai arquivar ou sentar em cima…como dizem os bolsonaristas, “tem que pagar” a indicação. Mesmo que o pastor tenha dito que recebeu os pastores a pedido de Bolsonaro, o que ele nunca negou.

  9. Vamos ver se desta vez, essa ativista admiradora de Caetano Veloso seu convidado para cantar o hino nacional quando tomou posse na presidência do STF, entenda a PGR quando mandar arquivar essa pretensão de incriminar o presidente Bolsonaro. Essa senhora tem que lembrar que LULA, foi informado pelo seu Ministro da Justiça Tarso Genro em 2007 que a PF tinha uma ação policial de busca na casa do irmão Vavá. O próprio ministro confessou esse fato ao juiz Moro em 2017 na operação Lava Jato.

  10. Bastar um Politico esquerdalhar. Fazer um Pedido de Investigação , contra o Presidente Bolsonaro. Que Ligeirinho os Companheiros da Toga Atendem. Em quanto o Bandido Luladrão. Brindado até a Alma de Bandido.

      1. Condenado em 3 instancias com 3000 provas materiais!! Lembra do pedalinho com nome da patroa, da adega com vinhos de 5 mil contos, fotos e 200 delações, inclusive do braço direito Palocci!! Era obvio que as provas eram irrefutáveis, tiveram que inventar um cep, depois de confirmar por mais de 5 vezes que o processo estava apto em Curitiba. Nem uma montanha de argumentos sensibiliza um idiota!

  11. Essa vampira brasileira do stf, não tem um mínimo de moral e competência pra mencionar o nome do PR… o stf é um antro de irregularidades e transgressões a constituição do país…

      1. Richard, é sério que você tá perguntando isso??? Foram muitos, vários, procura se informar melhor.

      2. Pergunta importante: de qual planeta vc. veio? Pegue a “Redentora” e leia com cuidado e carinho.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.