-Publicidade-

Médico que oferecia ‘soro imunológico’ ao coronavírus é suspenso na Bahia

Decisão foi tomada na noite desta quinta-feira,26. Endocrinologista alegava que poderia reforçar sistema imunológico de pacientes

Decisão foi tomada na noite desta quinta-feira,26. Endocrinologista alegava que poderia reforçar sistema imunológico de pacientes

O Conselho Regional de Medicina da Bahia (CREMED) suspendeu, por tempo indeterminado, a licença médica de um endocrinologista após receber denúncias de que ele oferecia tratamentos médicos para reforçar a imunidade e auxiliar a prevenção contra o coronavírus.

Segundo o CREMED, o médico identificado como dr. Aldo Grisi, disponibilizava pelas redes sociais um ‘soro imunológico’ que teria o efeito de ‘reforçar a imunidade’ e auxiliar na prevenção contra o coronavírus”. As publicações eram feitas pelo stories do Instagram, mas foram apagadas após as denúncias. A decisão, inédita, ocorreu na noite desta quinta-feira, 26. Agora, Grisi está impedido de exercer a medicina em qualquer local do território nacional.

De acordo com a entidade, a chamada “interdição cautelar do exercício da medicina” teve caráter preventivo para evitar que o médico “venha a ocasionar prejuízos à população, especialmente, diante da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus”. Em nota oficial, a entidade ratificou que “não reconhece nenhum tipo de tratamento neste sentido e instaurou imediatamente Sindicância para apurar os fatos”.

A reportagem de Oeste tentou contato com o médico nos consultórios de Salvador e São Paulo, mas não obteve retorno.

 

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês