Mendonça demite secretário por dossiê contra o Antifas

Partidos de oposição ficaram furiosos ao saber da existência dos documentos contra o movimento de extrema esquerda
-Publicidade-
André Mendonça tem 48 anos e é mestre e doutor em direito | Foto: Marcello Casal/Agência Brasil
André Mendonça tem 48 anos e é mestre e doutor em direito | Foto: Marcello Casal/Agência Brasil

Partidos de oposição ficaram furiosos ao saber da existência dos documentos contra o movimento de extrema esquerda

mendonça
O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça
Foto: MARCELLO CASAL/AGÊNCIA BRASIL

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, anunciou a demissão do diretor de Inteligência da Secretaria de Operações Integradas, Gilson Libório Mendes, na segunda-feira 3. O órgão vinculado à pasta teria sido responsável por redigir um documento com informações de supostos membros do movimento de extrema esquerda Antifas.

-Publicidade-

A secretaria virou alvo do Ministério Público depois de divulgado que o órgão produziu um dossiê com informações de 579 funcionários públicos que seriam do “movimento antifascismo”. Em maio, o aglomerado promoveu o caos na Avenida Paulista, em São Paulo. Em nota, a assessoria de comunicação da pasta informou que Mendonça abriu sindicância e demitiu Gilson Mendes.

Conforme noticiou Oeste, partidos de esquerda ficaram furiosos com a divulgação dos arquivos sobre o Antifas. Mendonça recebeu três pedidos de convocação para prestar depoimento ao Congresso e três requerimentos de informação feitos por deputados e senadores. Além disso, as legendas de oposição acionaram o Supremo Tribunal Federal para investigar o caso.

Leia também: PT quer punir ministro por investigação sobre o Antifas

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

14 comentários Ver comentários

  1. Xiii..entao esse ministro é frouxo. Todos sabemos que o Antifas é um movimento de acoes violentas financiado pela esquerda. O PT mesmo ja havia dito que isso viria ao Brasil, na epoca em que o movimento virava a Argentina de pernas para o ar. E la conseguiram tomar o poder. Esse movimento nao merece somente um Dossie, mas seus lideres precisam ser responsabilizados pelos atos violentos que promovem, com a conivencia da midia tradicional.

  2. Vamos lá: eu entendia que a investigação e a preparação do dossiê exibindo funcionários públicos que participariam do Antifas é um bom e desejado trabalho de inteligência.
    Quando li que a esquerdalha ficou furiosa, tive certeza.
    O tal Gilson Mendes (não sei nem quem é) merece elogios e não demissão.

    1. Não estou entendendo nada!
      Quer dizer que o Ministério da Justiça não pode investigar terrorismo ou o ministro não quer que se investigue isso para não incriminar amigos?

  3. O Ministro da Justiça precisa esclarecer a notícia e porque essa operação de inteligência, se legal e institucional, é condenada pelo seu ministério. Aquelas manifestações foram realizadas com atos de violência e vandalismo ao arrepio das leis.

  4. Não encontrei a PROVA de que o ministro demitiu o Gilson POR CAUSA DO DOSSIÊ.
    Vocês têm essa PROVA?
    Se tiverem, por favor postem aqui, pois meus neurônios não me permitem acreditar em SUPOSIÇÕES DE JORNALISTAS, ao contrário: meu cérebro exige as PROVAS DO ALEGADO, para então investigar a fonte e analisar se ela é idônea.

    1. Acho que a fonte seria o próprio Gilson, mas claro que não precisa ser dita. Você com toda essa indignação é do rebanho arrebatado do pastor Mendoncinha?

      Esse cavalo de Tóffoli é um dos piores erros de Bolsonaro no governo, orações e temor ao Senhor não me enchem os olhos, os fariseus se escondem atrás de bíblias pela História afora!

      JÁ PASSOU desse carreirista de toga RODAR FAZ TEMPO!

  5. Investigadores sendo questionados, cobrados e punidos por investigarem criminosos… esse nosso congresso é um bando de picaretas mesmo, a única frase de valia daquele ex-presidente condenado

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.