Temer: ‘Ao propor fim da reforma trabalhista, Lula vai eliminar direitos dos trabalhadores’

Ex-presidente sugeriu que petista quer a volta do imposto sindical

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
O ex-presidente Michel Temer, durante a Conferência pela Liberdade , em São Paulo - 03/06/2022 | Foto: Cristyan Costa/Revista Oeste
O ex-presidente Michel Temer, durante a Conferência pela Liberdade , em São Paulo - 03/06/2022 | Foto: Cristyan Costa/Revista Oeste

Durante a Conferência Internacional da Liberdade, o ex-presidente Michel Temer afirmou que Lula vai “eliminar” os direitos dos trabalhadores ao propor reverter a reforma trabalhista. Pré-candidato ao Planalto, o petista ameaçou acabar com a medida aprovada no governo do antecessor.

Lula deveria dizer o seguinte: ‘Vou restabelecer o imposto sindical'”, ironizou o ex-presidente. “É preciso um pouco de franqueza.” Temer ressaltou os benefícios da reforma trabalhista, como o teletrabalho, que possibilitou o home office durante os isolamentos na pandemia de coronavírus.

Temer lembrou ainda que a reforma trabalhista permitiu aos trabalhadores e aos patrões fatiarem as férias ao longo do ano, em vez de o funcionário cumprir os 30 dias de uma vez. O ex-presidente defendeu a aprovação de mais reformas econômicas e o equilíbrio fiscal para o país.

-Publicidade-

“Populistas ganham aplausos hoje para receber vaias amanhã”, disse Temer.

Conferência Internacional da Liberdade reúne de Michel Temer a Mauricio Macri

A Conferência Internacional da Liberdade é uma iniciativa do Instituto Liberal e das principais organizações fundadas no Brasil para promover as ideias liberais, integrantes da Rede Liberdade. O evento reúne lideranças nacionais e internacionais de diversos setores, desde intelectuais até ex-chefes de Estado. Entre os participantes está o ex-presidente Michel Temer.

Leia também: “Argentina: o eterno flerte com o suicídio”, reportagem publicada na Edição 68 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

10 comentários Ver comentários

  1. Não entendo porque Temer se afastou do governo Bolsonaro que sempre o levou em consideração, inclusive enviando-o ao Líbano como representante da grandiosa comunidade árabe do Brasil, para prestar auxilio em recente tragédia. Ficar enaltecendo Alexandre de Moraes seu indicado para o STF, sabendo que o mesmo ultrapassa os limites do “livrinho” para destruir o governo Bolsonaro e seus eleitores, não é razoável. Já fui tucano desde Montoro e Covas até 2019, tendo em 2018 votado em Bolsonaro desde o primeiro turno, porque apresentava-se um conservador, religioso e defensor da família, da lei e da ordem, antecipando em seu ministério reconhecido economista Paulo Guedes para reformas estruturais. Temer não enxerga que seu pupilo e a Corte tudo fazem para levar o criminoso LULA à presidência?. Porque presidente Temer, o senhor não questiona a falta de TRANSPARÊNCIA DAS URNAS ELETRÔNICAS questionadas até pelo criador das urnas em 1996, e o temor dos notáveis pelo VOTO IMPRESSO, única forma de AUDITAR e se necessário RECONTAR os votos eletrônicos?

  2. Lula quer os sindicatos ricos para pagar 50 , mortadela, ksuco e etc para ajuntar manifestantes quebradores do patrimônio do trabalhador e para queimadores de pneus e ônibus

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.