Militares não abrirão mão da defesa das instituições, diz chefe da Aeronáutica

Carlos de Almeida Baptista Junior reiterou o conteúdo da nota de repúdio dos militares ao presidente da CPI, Omar Aziz
-Publicidade-
O chefe da Aeronáutica reafirmou que os militares vão agir, caso os ataques levianos não cessem
O chefe da Aeronáutica reafirmou que os militares vão agir, caso os ataques levianos não cessem | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O tenente-brigadeiro da Aeronáutica Carlos de Almeida Baptista Junior disse que as Forças Armadas defendem as instituições. Segundo ele, a carta emitida pelos militares depois dos ataques do presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, senador Omar Aziz (PSD-AM), foi um aviso. “Cada instituição do país tem a obrigação de se preocupar com a democracia e o respeito às instituições. E nós, instituição militar, não abriremos mão”, declarou, em entrevista ao jornal O Globo, publicada nesta sexta-feira, 9.

O chefe da Aeronáutica reiterou que os militares vão agir, caso ataques levianos não cessem. Ao discorrer sobre quais seriam as medidas tomadas, respondeu se tratar de “mecanismos dentro da base legal”. “Homem armado não ameaça”, salientou, ao mencionar as falas de Aziz segundo as quais não toleraria “ameaças” das Forças Armadas. Carlos de Almeida disse, ainda, que os militares não são complacentes com a corrupção. E, caso haja alguma caso concreto dentro das forças, o responsável tem de ser punido.

Leia também: “Circo Parlamentar de Inquérito”, reportagem publicada na Edição 61 da Revista Oeste

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

13 comentários

  1. Confesso não ser um conhecedor profundo da Constituição, embora seja um dever de todo cidadão deste ou de qualquer país, conhece-la. Porém acho, se não me engano, que esse papel das FFAA, dentre outros, está escrito nessa Constituição; então por obvio, isso não é só um dever como também uma obrigação na defesa desta instituições DESDE QUE ESSAS INSTITUIÇÕES ESTEJAM FUNCIONANDO NORMALMENTE E NÃO NESSA ANOMIA QUE ESTAMOS PRESENCIANDO QUASE TODOS OS DIAS! Então urge que se faça uma correção de caminhos e que coloquem essas instituições nos trilhos pois aí estará tão somente defendendo essas.

  2. “Homem armado não ameaça, age.” Acho que passou da hora de se mudar os rumos dessa nação, de trocar alguns ministros do STF na marra, destituindo aqueles que descumprem a Constituição, e alguns “Senadores” que andam saqueando as verbas federais da saúde.

  3. Parabéns às Forças Armadas pois essas sim são as únicas autoridades deste pais que defendem a democracia e as instituições. Ofereçam ao iluminado ministro Barroso, a garantia de que as Forças Armadas não deixarão roubar neste pais, os 150 milhões de votos dos brasileiros e que serão devidamente apurados nas urnas ELETRÔNICA e IMPRESSA, caso contrario não haverá eleição. Simples assim. Nossa Suprema Corte não tem mais o que inventar sobre o VOTO IMPRESSO, ora É UM RETROCESSO , ORA CUSTA MUITO CARO, ORA O BILHETE PODE ENGASGAR NA IMPRESSORA, ORA VIOLA O SIGILO E A LIBERDADE DO VOTO, ORA VAI DAR MUITO TRABALHO NA JUSTIÇA. Tudo FAKE NEWS para eliminar o governo Bolsonaro e esquecem os graves conflitos sociais que a fraude pode provocar. Não conseguem explicar porque temem o voto impresso.

  4. Sr. Comandante da Aeronáutica, com todo respeito, o cidadão comum já está achando as Forças Armadas um bando de frouxos, o STF passando por cima da Constituição, de todas as formas e vcs assistindo a tudo passivamente. Agora com a Nota, o corrupto da CPI, com outras palavras, mandou vcs à enfiarem no rabo. O que mais precisa acontecer pra que tomem uma atitude.

    1. Sr. Comandante, o povo não entende tanta prudencia e sofisticação. Não acreditamos que o Comando das Forças Armadas, tomam leite sem lactose, pão sem glúten e bife de soja. Motivos para meter o pé na porta já tiveram e muitos.O STF manda e desmanda, sem se preocupar com leis e Constituição, anula sentenças transitadas em 3 instancias, solta ladrões e corruptos, passa por cima de todos os ritos da justiça, afronta o Exército pedindo explicações e os Srs. só na prudencia e sofisticação, pra não dizer covardia.

  5. A única esperança, são as forças armadas: exército, marinha e aeronáutica, pois o congresso é formado com grande maioria de covardes e corruptos, já os ministros do STF se especializaram em criarem leis e pisarem em cima da constituição.

  6. Já que o congresso junto com o STF acha que a maioria da população brasileira é burra e idiota, só mesmo as forças armadas para evitar uma guerra civil, evitando com isso a morte de milhões de brasileiros e longos anos de carnificina.

  7. Muitas narrativas, a CPI dos comunistas e bandidos latem, Bolsonaro responde, os militares gritam, a imprensa joga gasolina p dar audiência e os palhaços aqui assistindo o seu dinheiro ir para o ralo sem ninguém ser preso a não ser os inocentes. Este é o quadro de anarquia total do Brasil, ameaças daqui, ameaças de lá, mas sem ninguém age. Se os militares não quisessem virar vidraça não iriam para o governo, ou eles agem ou são desmoralizados, porque do lado de lá, já não se tem mais medo da população, do presidente e muito menos das forças armadas. Enquanto se trava tudo em Brasilia aos gritos e ameaças, os bandidos agem nas sobras para que não tenhamos o voto auditável ano que vem, e vão conseguir, e veremos o ex presidiário assumir o poder, erguido pelo STF e Congresso bem na cara da população, tudo isso em nome da “democracia” e do “jogo politico”, e enfim veremos o Brasil no fundo do posso junto com a Argentina.

  8. A defesa da Pátria e da Liberdade não podem ser colocadas em risco. A Liberdade é o maior patrimônio da humanidade. Sem ela, a vida praticamente não existe. Não poderemos jamais corrermos o risco de ficarmos reféns de regimes autoritários, sejam eles quais forem.

  9. Infelizmente, ten.Bigadeiro, não é o que povo, está sentindo. Ao contrario, sentimos que as medidas cabíveis para frear tantas afrontas às FFAA não são consideradas. Quando um bandido detrata, por duas vezes, e no máximo é lançado “um repudio”… Sentimos que, cada vez mais, as briosas FFAA, antes espetacularmente bem avaliadas, hoje não passam de “bem avaliadas”.

  10. Nada farão as FAS. Vocês são ótimos para falar, mas nulos para agir. Militares eram os de 1964. Não emitiam notinhas: AGIAM. E por falar nisso: como ficará a grave ofensa do pivete Felipe Neto à senhora sua mãe? Vai ficar o dito pelo não dito? Tenha sempre em mente tenente-brigadeiro: cão que ladra não morde. A sociedade já está cansada das palavras de vocês.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site