‘Militares têm obrigação de garantir a liberdade’, afirma Bolsonaro

Declaração foi proferida durante cerimônia de formatura de 281 novos sargentos da Escola de Especialistas de Aeronáutica
-Publicidade-
Jair Bolsonaro voltou a falar sobre os deveres das Forças Armadas
Jair Bolsonaro voltou a falar sobre os deveres das Forças Armadas | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira, 21, que uma das obrigações das Forças Armadas é garantir a liberdade da população brasileira. A declaração foi proferida durante a cerimônia de formatura de 281 novos sargentos da Escola de Especialistas de Aeronáutica, em Guaratinguetá (SP).

“Estou aqui, hoje, vendo uma garotada que se espalha pelos quatro cantos do Brasil para levar patriotismo e dedicação às cores de nossa bandeira”, disse o presidente. “E a obrigação maior de todos nós, militares, além de fazer cumprir a nossa Constituição, é garantir a nossa liberdade; aquilo que realmente nos move, nos dá alegria e prazer”, acrescentou.

De acordo com a agenda divulgada pelo Palácio do Planalto, o presidente da República deve retornar a Brasília ainda nesta segunda-feira, onde se reunirá com ministros.

-Publicidade-

Leia também: “Deputado do PT publica foto antiga como se fosse de ato anti-Bolsonaro”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

  1. Não consigo entender como nesse meio militar harmonioso, existem alguns Santos Cruz com manifestações furiosas contra o primeiro presidente que prestigia nossa classe militar, inclusive levando militar a comandar o Ministério da Defesa. Fico triste ao ver o vice Mourão que considerava fiel companheiro de chapa, pendendo para esse lado ao conceder estranha entrevista ao Estadão, jornalzinho decadente e cheio de ódio ao governo Bolsonaro desde as eleições, em seus editoriais Fakes e artigos de péssimo jornalismo, à exceção de JRGuzzo e Carlos Alberto Di Franco.

  2. Pois é isso… o seu Bolsonaro com suas eternas frases de efeito, em geral exaltando o patriotismo e que move a galera em gritos de “Mito!”… e com essas manobras politiqueiras vai empurrando a turma aí com a barriga até 2022. Sorte a sua que não tem candidatos à altura, só se vê vagabundos para concorrer, aí fica fácil, não é? Agora, aquela história da vaquinha para pagar a multa do Doriana…. não dá nem para comentar.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site