Ministro da Defesa sobe o tom e acusa reportagem de gerar instabilidade entre os Poderes

'Desinformação', disse Braga Netto
-Publicidade-
Ministro foi acusado de ameaçar o presidente da Câmara
Ministro foi acusado de ameaçar o presidente da Câmara | Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ministro da Defesa, general Braga Netto, criticou nesta quinta-feira, 22, a notícia do jornal O Estado de S. Paulo segundo a qual ele teria ameaçado o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), caso não houvesse a admissibilidade do voto auditável.

“Trata-se de mais uma desinformação que gera instabilidade entre os Poderes da República em um momento que se exige a união nacional”, declarou Braga Netto, em evento na sede da pasta, ao mencionar que interlocutores não falam por ele.

“O Ministério da Defesa reitera que as Forças Armadas atuam sempre e sempre atuarão dentro dos limites previstos na Constituição”, disse o ministro. Conforme noticiou a Revista Oeste, Lira também desmentiu o Estadão.

-Publicidade-

Leia também: “É proibido modernizar a urna eletrônica?”, reportagem publicada na Edição 69 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site