Ministro Lewandowski permite transferência de Abdelmassih para hospital

Ex-médico, condenado a 173 anos de prisão por estupro de pacientes, havia voltado para a prisão em 28 de agosto,
-Publicidade-
O ex-médico Roger Abdelmassih | Foto: Alex Silva/Estadão Conteúdo
O ex-médico Roger Abdelmassih | Foto: Alex Silva/Estadão Conteúdo | roger abdelmassih, stf, prisão, hospital

Ex-médico, condenado a 173 anos de prisão por estupro de pacientes, havia voltado para a prisão em 28 de agosto

roger abdelmassih, stf, prisão, hospital
O ex-médico Roger Abdelmassih | Foto: Alex Silva/Estadão Conteúdo
-Publicidade-

Uma liminar do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski permitiu a transferência do ex-médico Roger Abdelmassih para um hospital penitenciário de São Paulo.

Condenado a 173 anos de prisão pelo estupro de 49 pacientes, Abdelmassih chegou a ficar em prisão domiciliar durante a pandemia, por ordem da juíza Sueli Zeraik de Oliveira Armani, da 1ª Vara de Execuções Criminais de Taubaté. Aos 76 anos, o ex-médico faz parte do grupo de risco para o novo coronavírus. A magistrada interpretou orientação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que aconselhava a enviar para casa presos nessas condições.

Entretanto, em 28 de agosto, o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) revogou a decisão, dizendo que o CNJ não havia validado a progressão de pena acelerada por causa da covid-19.

Agora, Lewandowski acolhe pedido da defesa, que argumenta que Abdelmassih tem frágil condição de saúde, com quadro de hipertensão pulmonar e cardiopatia isquêmica.

Cabe lembrar que, em 2017, o mesmo ministro concedeu prisão domiciliar ao ex-médico, também sob a alegação de que ele estava doente. A farsa, porém, foi desmentida em agosto de 2019, e fez com que Abdelmassih voltasse para o Complexo Penitenciário de Tremembé, no interior de São Paulo.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comment

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site