Moraes pede que a PGR se manifeste sobre o caso Gentili

Ação é coordenada por parlamentares da Câmara dos Deputados
-Publicidade-
Ministro do STF já decretou a prisão de um parlamentar
Ministro do STF já decretou a prisão de um parlamentar | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Procuradoria-Geral da República (PGR) terá que se manifestar sobre o caso do apresentador Danilo Gentili. O pedido foi feito pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes. O humorista é acusado de oferecer “grave ameaça ao livre exercício dos Poderes, mais precisamente do Poder Legislativo nacional”. Nas redes sociais, Gentili teceu críticas aos parlamentares e foi processado pelo deputado federal Celso Sabino (PSDB-PA). A ação é coordenada pelo congressista Luis Tibé (Avante-MG), responsável pela procuradoria da Câmara.

O juiz do STF citou que, embora Gentili não possua prerrogativa de foro privilegiado perante o Supremo, o caso segue na Corte pela suposta conexão com o caso do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), preso há cerca de um mês. “O requerido Danilo Gentili Júnior não possui prerrogativa de foro perante o Supremo Tribunal Federal; entretanto, em face da alegada conexão processual com os fatos apurados no Inquérito nº 4781/DF, encaminhe-se ao Procurador-Geral da República”, informa trecho da decisão de Moraes, proferida na quinta-feira 4.

-Publicidade-

No processo, a procuradoria da Câmara pede a prisão de Gentili. Em um tuíte, o apresentador escreveu: “Eu só acreditaria que esse país tem jeito se a população entrasse agora na Câmara e socasse todo deputado que está nesse momento discutindo PEC de imunidade parlamentar”. A mensagem foi apagada.

Leia também: “Prisão de Daniel Silveira é inconstitucional, afirmam juristas”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 comentários

  1. Danilo Gentili bateu palma pra prisão do Silveira. E agora arrega para essa ameaça de prisão. Apagou o tweet foi? Pediu desculpas, foi? Cadê o cara que rasgou a carta da deputada Maria do Rosário e passou nas partes íntimas? Será que agora se deu conta de que quando não respeitam mais nem a imunidade parlamentar e um deputado é preso por falas é porque a liberdade já acabou?

  2. Porque a PGR deve se manifestar?, covardia?, para prender jornalista, deixar paraplégico e negar atendimento, não consultou a PGR, para prender deputado que falou uma pequena fração do que está entalado nas gargantas de todos nós, não precisou de consultar a PGR, quando prendeu uma moça que cometeu o crime hediondo de soltar uns rojão e dizer que apoia Bolsonaro, não consultou a PGR, assim fica feliz por existir um Senado covarde que não veste as calças e não mande você Moraes direto do STF para cadeia onde você deveria estar neste momento.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.