MPRJ volta a denunciar Dr. Jairinho por violência contra mulher

Ex-vereador é acusado de estupro e violência doméstica contra a ex-namorada
-Publicidade-
Ex-vereador Jairinho segue preso
Ex-vereador Jairinho segue preso | Reprodução/Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) voltou a denunciar à justiça Jairo Souza Santos Júnior, o Dr. Jairinho, por lesão corporal. O ex-vereador é acusado de estupro e violência doméstica contra a ex-namorada entre 2014 e 2020. Além disso, é investigado em pelo menos quatro casos de lesão corporal, sendo um deles a morte do menino Henry Borel, de 4 anos.

A denúncia divulgada ontem, terça-feira 20, argumenta que Dr. Jairinho drogou e praticou, sem consentimento da vítima, atos sexuais em outubro de 2015. No ano seguinte, conforme a Justiça, o ex-vereador agrediu fisicamente a então namorada, causando fratura no pé da vítima. O MPRJ já denunciou o ex-vereador pela agressão e tortura de pelo menos três crianças.

Leia também: “Justiça do Rio de Janeiro mantém prisão de Jairinho e Monique”

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site