Lula afirma que regulamentar as redes sociais trará ‘convivência democrática’

Petista também é a favor de enquadrar a imprensa
-Publicidade-
Ex-presidente está em <i>tour</i> pela Europa
Ex-presidente está em tour pela Europa | Foto: Paulo Pinto/Agência PT

O ex-presidente Lula voltou a dizer que é necessário regulamentar as redes sociais no Brasil. Segundo o petista, Bolsonaro “conta cinco mentiras por dia” através das plataformas. “A democracia tem risco”, afirmou o petista, ao discursar para integrantes do Grupo Socialista e Democrata do Parlamento Europeu, na quinta-feira 18. “Isso só nos alimenta da necessidade de vivermos mais democraticamente.”

Segundo Lula, a democracia só será possível com o controle do Estado. “Vamos ter de regulamentar as redes sociais, regular a internet, colocar um parâmetro”, disse. “Uma coisa é você utilizar os meios de comunicação para informar, educar”, observou. “Outra coisa é para fazer maldade, para contar mentiras, causar prejuízo à sociedade.” Em agosto, Lula chegou a falar sobre enquadrar a imprensa, mas recuou.

-Publicidade-
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

16 comentários Ver comentários

  1. Como ainda tem gente que ouve este pilantra? A caterva “compra” a plateia. Só pode! Que original! Não é? Em se tratando do PT não duvide! Afinal, o próprio condenado em segunda instância, por colegiado de juízes, por um juiz só, diversas vezes, disse, em alto e bom som: estão destruindo o que nós já tínhamos destruído, numa de suas palestras, na Europa.

  2. Imagina o Ministério da Verdade (amparados da “Lei das Fake News”, a ser criada) por Lula-STF. Alexandre de Moraes já fez seu “inquérito das Fake News”; Barroso já disse que o anti-científico é um limite da liberdade de expressão (exceto quando tinha câncer e frequentava João de Deus). Agora como Toffoli disse, vivemos num regime semi-presidencialista em que o STF é um poder moderador; esse mesmo STF que criou o Programa de Combate à Desinformação, uma espécie de cartilha em que eles nos dizem o que é verdade sobre eles mesmos e nós aceitamos ou o que será que acontece? Vamos presos?

  3. Sei regulamentação da midia, desarmamento da população, forças armadas comendo na mão dele, estatais a todo vapor kkk só trouxa não percebe o comunismo as portas se este sei lá o que ele é voltar.

  4. Em coordenação com a mão de ferro da Corte Mais Suprema do Planeta e sob as bênçãos da propaganda da imprensa corrupta, ninguém poderá questionar a ditadura lulista.
    Nem o regime militar ousou prender quem publicava receitas culinárias em lugar de críticas.
    Por isso, vou já começar a treinar, pois tenho filhos pra criar:
    Bolo de fubá fofinho
    Esse bolo de fubá é superprático, fácil de fazer. Fica muito macio e delicioso
    Ovos, óleo, farinha de trigo, fubá, leite, açúcar e fermento em pó são os ingredientes necessários para fazer este bolo de fubá fofinho. Confira o passo a passo:
    Ingredientes
    3 ovos
    1 xícara de chá de óleo
    1 xícara de chá de leite
    2 xícaras de chá de açúcar
    1 xícara de chá de farinha de trigo
    2 xícaras de chá de fubá
    1 colher de sopa de fermento em pó.
    Modo de Preparo
    1. Peneirar os secos numa tigela e reservar.
    2. Bater os líquidos no liquidificador e juntar nos secos peneirados.
    3. Colocar em forma de anel, ou outra de sua preferência, untada e polvilhada com fubá.
    4. Forno aproximadamente 30 a 40 minutos.
    Dicas:

    Eu não uso o liquidificador; bato bem com o fuê.
    Tamanho das formas que uso para esse bolo: 23 centímetros de diâmetro por 8 centímetros de altura ou 25 centímetros de diâmetro por 7 centímetros de altura.
    Para assar, coloco a forma de anel dentro de outra forma redonda, pois, no caso de transbordar, não suja o forno, e este bolo cresce bastante.

    Viva a democracia brasileira!

  5. Como pode haver pessoas que ainda confiam nesse delinquente? Só mesmo abafando a opinião contrária (e inteligente) para esse tipo de gente possa prosperar (e roubar).

  6. Bem ao estilo do Partido Comunista Chinês. “Tudo que o Estado quer, todos podem saber”. E tem gente fazendo campanha antecipada para este cidadão.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.