Novo Renan? Alcolumbre deve acionar o STF para ser reeleito

Presidente do Senado vai interpelar dispositivo da Constituição que proíbe um novo mandato para o comando da Casa na mesma legislatura
-Publicidade-
O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) | Foto: FÁBIO RODRIGUES POZZEBOM
O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) | Foto: FÁBIO RODRIGUES POZZEBOM | O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) | Foto: FÁBIO RODRIGUES POZZEBOM

Presidente do Senado vai interpelar dispositivo da Constituição que proíbe um novo mandato para o comando da Casa na mesma legislatura

Novo Renan?
O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). Serie ele um novo Renan?
Foto: FÁBIO RODRIGUES POZZEBOM

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-RJ), busca um novo mandato como chefe do Congresso Nacional. Mas a Constituição proíbe a possibilidade no mesmo período legislativo.

-Publicidade-

Caso o plano se concretize, presidentes do Senado que terminam o mandato no fim da legislatura de quatro anos poderão se reeleger. Em síntese, mais dois anos no poder. É o que informa o jornal Folha de S.Paulo.

Na estratégia, uma sigla que não o DEM apresentaria o pedido ao Supremo Tribunal Federal (STF). A corte tem feito oposição ao Poder Executivo, como quando proibiu a escolha do diretor da Polícia Federal.

A manobra de Alcolumbre foi possível em 31 de janeiro de 1999. O então senador Antônio Carlos Magalhães (PFL-BA) se reelegeu com 70 votos favoráveis, apenas três contrários e sete abstenções. ACM dirigiu a Casa até 2001.

O parlamentar conseguiu permanecer no cargo depois de aprovar, na Comissão de Constituição, Cidadania e Justiça um parecer favorável à manobra, que levava a assinatura da advocacia da instituição.

Novo Renan?

Eleito presidente do Senado em fevereiro de 2019 para evitar a volta de Renan Calheiros (MDB-AL), Davi Alcolumbre foi se mostrando o mais do mesmo da velha política.

Entre as medidas que tomou estão: o arquivamento de pedidos de impeachment contra ministros do STF e a não abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar a corte.

Renan comandou a Casa por três vezes. Apesar de não ter usado o mesmo plano que está em curso, ele articulou apoio no Senado para continuar na cadeira de presidente.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

7 comentários Ver comentários

    1. É está difícil pra nós brasileiros, parece uma turma de colaboradores entre Rodrigo Maia, Davi Alcolumbre e alguns ministros do STF, lutam pra se eternizar no poder e conspiram contra o presidente e o povo brasileiro.

  1. Alcolumbre e Maia, não citado, mas com a mesma intenção, vão sair vitoriosos caso apelem ao STF, porque este a muito deixou de ser uma corte constitucional, transformando-se num colegiado político em oposição ao governo.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.