Revista Oeste - Eleições 2022

Nuvem de gafanhotos: governo declara emergência fitossanitária

Nuvem de gafanhotos: governo declara emergência fitossanitária
-Publicidade-
Foto: Senasa Argentina
Foto: Senasa Argentina

Insetos estão a cerca de 250 quilômetros da fronteira do Rio Grande do Sul com a Argentina

gafanhotos
Foto: Senasa Argentina

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento declarou estado de emergência fitossanitária no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina devido ao risco de surto de gafanhotos nas áreas produtoras dos dois estados.

-Publicidade-

A portaria com a medida está publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 25.

O estado de emergência tem por objetivo permitir a implementação de plano de supressão da praga e adoção de medidas emergenciais. De acordo com o ministério, a emergência fitossanitária é por um prazo de 1 ano.

LEIA MAIS: Gafanhotos invadem a Argentina e devem chegar ao Brasil

A preocupação das autoridades do setor agropecuário e de produtores rurais é o dano que os insetos possam causar às lavouras e pastagens, se houver infestação.

Em nota, o ministério informou especialistas argentinos estimam que os insetos sigam em direção ao Uruguai. A ocorrência e o deslocamento da nuvem de gafanhotos são influenciados pela temperatura e circulação dos ventos.

A nota diz ainda que o gafanhoto está presente no Brasil desde o século 19 e que causou grandes perdas às lavouras de arroz na Região Sul no período de 1930 a 1940.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

  1. Gravíssima a situação caso esses gafanhotos que estão fugindo de alguma coisa, resolva vir para cá.
    Não sei o que se faz mas acredito que exista alguma coisa.

  2. Importa um grupo de chineses por uns dias que num instante consomem os gafanhotos rapidinho. Como dizia o saudoso Chico Anísio, é vapt e vupt.

  3. É muito simples resolver este problema. Além de fechar as fronteiras, é só pedir o STF para enquadrá-los no inquérito das fake news e da lei de segurança nacional e colocar tornozeleira eletrônica em cada gafanhoto.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.