O Brasil não quer afundar com o Mercosul, diz secretário de Guedes

Roberto Fendt defende a liberalização do bloco econômico, hoje presidido pela Argentina
-Publicidade-
O presidente da Argentina, Alberto Fernández
O presidente da Argentina, Alberto Fernández

Roberto Fendt, secretário especial de Comércio Exterior do Ministério da Economia, teceu críticas ao Mercosul. Na terça-feira 27, o integrante do Executivo defendeu um bloco mais alinhado ao liberalismo econômico. O governo Jair Bolsonaro quer a redução da tarifa externa comum e a possibilidade de negociar acordos comerciais sem depender da união aduaneira. “Está afundando o Brasil”, declarou Fendt, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo. “Um Mercosul modernizado vai nos dar muito mais força do que temos hoje”, acrescentou. “Queremos sair do imobilismo. O Uruguai também.”

Conforme noticiou a Revista Oeste, representantes dos países que integram o Mercosul se reuniram no início da semana para discutir rumos do bloco, porém não chegaram a consensos. No entanto, sobrou tempo para o ministro da Economia da Argentina, Martín Guzmán, atacar Guedes ao condenar o livre mercado. “A mão invisível do mercado de Adam Smith é invisível porque não existe”, provocou Guzmán, adepto da social-democracia. O ataque irritou Guedes, que rebateu em alusão à faculdade liberal onde estudou: “Mais da metade dos Prêmios Nobel foram economistas da Universidade de Chicago que ganharam.”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site