Pacheco anuncia ‘esforço’ que pode desbloquear sabatina de Mendonça

Ex-advogado-geral da União aguarda há três meses
-Publicidade-
Mendonça foi indicado para substituir o ministro Marco Aurélio Mello
Mendonça foi indicado para substituir o ministro Marco Aurélio Mello | Foto: Anderson Riedel/PR

Entre os dias 30 de novembro e 2 dezembro, o Senado vai realizar um “esforço concentrado” para analisar e votar indicações de autoridades para cargos públicos. A promessa é do presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). A iniciativa pode destravar a indicação do ex-advogado-geral da União André Mendonça para o Supremo Tribunal Federal (STF). Passados mais de três meses, Mendonça aguarda que Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, marque a sabatina.

“Fica designado pela presidência esse período de esforço concentrado do dia 30 de novembro, 1º e 2 de dezembro, terça, quarta e quinta-feira, para que possamos fazer apreciação de todos os nomes”, anunciou Pacheco, na quarta-feira 3. “Tanto os nomes pendentes de plenário, quanto aqueles pendentes nas comissões permanentes da Casa”, disse. “Solicito a presença física de todos os senadores para que tenhamos melhor quórum possível para apreciação”, pediu o presidente do Senado, ao exaltar a importância da Casa no assunto.

-Publicidade-
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.