Pacheco: Data para sabatina de Mendonça fica a ‘critério’ de Alcolumbre 

Indicação de Mendonça ao cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal foi realizada pelo presidente Jair Bolsonaro
-Publicidade-
Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, encaminhou indicação de Mendonça à CCJ na semana passada | Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, encaminhou indicação de Mendonça à CCJ na semana passada | Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A data para a sabatina do ex-advogado-geral da União André Mendonça, no Senado Federal está a critério do presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Davi Alcolumbre (DEM-AP), informou nesta terça-feira, 24, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG). “Já despachei mensagem para a CCJ. Agora está a critério do presidente Davi Alcolumbre a designação de data para essa apreciação. Assim como outras indicações, CNJ (Conselho Nacional de Justiça), CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público). Nós temos compromisso de dar a agilidade devida a todas elas”.

Leia também: “CCJ aprova novo mandato de procurador-geral para Augusto Aras”

Conforme Oeste já registrou, em conversa com o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, Alcolumbre tinha concordado em marcar a sabatina para setembro. A indicação de Mendonça ao cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal aconteceu no mês passado e foi feita pelo próprio presidente Jair Bolsonaro.

-Publicidade-

 

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro