Pacheco descarta afastar Alcolumbre depois de denúncia de ‘rachadinha’: ‘Merece respeito’

Presidente do Senado participou de fórum em Lisboa
-Publicidade-
Pacheco teceu elogios ao antecessor
Pacheco teceu elogios ao antecessor | Foto: Roberto Casimiro/FotoArena/Estadão Conteúdo

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), disse que não vai afastar Davi Alcolumbre da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) do Senado. O parlamentar é acusado de praticar “rachadinha”. “Alcolumbre tem todas as condições de presidir a CCJ”, afirmou Pacheco, na segunda-feira 15, depois de participar do Fórum de Integração Brasil/Europa, em Lisboa.

“Alcolumbre foi eleito pelo voto do Amapá, é um ex-presidente da Casa que merece meu respeito e tem direito de se defender de acusações”, acrescentou Pacheco. “Não há motivo para afastamento de Davi e de nenhum outro senador.” Pacheco prometeu para dezembro a sabatina do ex-advogado-geral da União André Mendonça, indicado para o Supremo Tribunal Federal.

-Publicidade-
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.