Pacheco diz ter expectativa de que carta de Bolsonaro seja ‘tônica’ nas relações entre os Poderes

Segundo o presidente do Senado, a declaração do chefe do Executivo federal é um sinal positivo
-Publicidade-
Rodrigo Pacheco é presidente do Senado Federal
Rodrigo Pacheco é presidente do Senado Federal | Foto: Leonardo Hladczuk/Futura Press/Estadão Conteúdo

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), disse neste domingo, 12, ter “expectativa e confiança” de que a carta do presidente da República, Jair Bolsonaro, divulgada no início desta semana, perpetue-se como “uma tônica entre as relações dos Poderes”. As declarações de Pacheco foram feitas durante cerimônia de comemoração dos 119 anos do nascimento do presidente Juscelino Kubitschek, em Brasília, no memorial que leva o seu nome.

Segundo o presidente do Congresso Nacional, o Brasil precisa de “união e pacificação”, e a carta escrita por Bolsonaro é um sinal positivo. “E que tenhamos sempre a lógica de cumprimento da Constituição, de observância do que é o bem comum, que se constrói em um ambiente democrático”, observou. “Precisamos é de união e de pacificação no Brasil, e a carta à nação, do presidente da República, é uma sinalização muito positiva.”

Leia também: “A democracia contra a democracia”, artigo de J. R. Guzzo publicado na Edição 77 da Revista Oeste

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

18 comentários

  1. Oh Pachequim, Bolsonaro já escreveu a carta, já baixou a bola, acabou com a greve de caminhoneiros, pediu desculpas, disse que cumprirá decisões judiciais, usou dd humildade com milhões nas ruas o apoiando etc. etc. Agora vamos ver o Senado, a Câmara, o STF e o TSE o que oferecem ao povo. Qualquer um nos EUA ou Europa que tivesse esse apoio que Bolsonaro teve estaria fustigando os adversários. Achei e acho um erro essa AFINADA do Bolsonaro, mas foi o que tinha para o momento. Estendeu as mãos e parece, parece que a população entendeu o gesto. Barroso já começou atacar novamente. Vamos ver até que ponto esse presidente é realmente um presidente altivo ou um rato. Se for rato, melhor deixar Mourão daqui para frente. Não foi a primeira vez que afinou, mas que seja a última se não tiver compreensão dos outros poderes. A não ser que Bolsonaro tenha feito algo grave e tenha medo de ser preso, e não estou falando de rachadinha. Aí tem que renunciar senão esse mesmo povo que foi as ruas vai pedir seu impeachment.

    1. Fakir, entenda a estratégia do Bolsonaro. O que ele fez foi chamar o dono do “cachorro” para uma conversa. Aí o dono do cachorro (Temer), vai fazê-lo parar de latir e morder. Aliás, já começou. O Presidente não afinou. Alguns idiotas estão espalhando fake news sobre o “cachorro” ameaçar os filhos dele. Coisa de quem definitivamente não entende nada de estratégia militar. O tempo vai mostrar a realidade.
      Os que sabem ler e interpretar corretamente a lingua Portuguêsa entenderam a grandeza do seu conteúdo. O Presidente disse que não teve a intenção de ofender
      nenhum dos outros dois podêres. NÃO DISSE que os “ministros” Barroso e Moraes estavam certos, nem pediu desculpas aos dois.
      Óbviamente, a conversa com o dono do “cachorro” teve um preço, porque o cara é político e chefão do MDB. É só aguardar 2022 e saberá quem será o novo presidente da câmara federal.

      1. Um Senado acovardado esse reflexo do atual presidente

      2. Alberto, vc está certo menos em responder aos que dizem que JB amarelou. Tática divisionista da esquerda. Mas JB não falou com o dono do 🐕. Falou com o patrão do dono. Negociou uma saída para os derrotados, um espaço em SP. Não dá para ser tudo ou nada.

  2. Esse paspalho, COVARDE, ainda não percebeu que a sua eleição para o “senado que “ora “preside” foi simplesmente um voto de protesto contra a Cadáver Insepulto.
    Ele é tão imbecil que acha que isso lhe capacita a ser Presidente do Brasil. Vai sonhando, pachequinho (com minúsculas mesmo). O que tem de altura tem de COVARDIA!

  3. Pacheco é uma sub-espécie de um alce, aquele veadão grande que tem na América do Norte que também faz parte da família das Renas, outro veado grande que vive próximo ao polo norte e que servem para puxar o trenó do bom velhinho no natal. Este é o pacheco, um veado grande.

    1. Dizem que não tem poder moderador na constituição, então que se institua, pois não pode é continuar a bagunça atual, onde o STF passa por cima de todos, prendendo e arrebentando. Culpa também do congresso, que permite que partidecos recorram ao STF toda vez que perdem no parlamento, ou que se sentem incomodados com qualquer medida do Executivo, lógico, para atrapalhar o governo.

  4. Não nos diga o “cara de esfinge”. Atue como presidente desse congresso travado e malvado, que permite uma cpi dos horrores, tocada pelos maiores bandidos da casa, não aprova MP que aumentaria o número de novos empregos, e outros. Além disso, só faz m, parabenizando a ching pelos 100 anos do Pcc, que assassinou milhões, e traz essa Greta idiota, desocupada, que tapeia mais idiotas do que ela, para diversão desses preguiçosos. Essa bagunça toda foi causada pela ausência do senado pegar as questões e regulamentar, por preguiça ou incompetência, deixando o STF cometer uma sórdida ingerência, deliberando coisas da obrigação do senado. Trabalhem, toquem pra frente os pedidos de impeachment e esqueça Brumadinho, não misture as coisas, não é ético.

  5. Então põe logo o Alcolumbre para sabatinar o André Mendonça antes que o STF te mande fazer, e acaba logo com essa desatinada CPI do CANGAÇO. E comecem a trabalhar porque breve iremos PAUTAR nas ruas a redução do SENADO FEDERAL à somente 1 inútil senador por estado. Para que precisamos 3 Randolfes por Estado se nada aprovam e são verdadeiros despachantes do STF?

  6. Que pena que o voto não é auditável é este inútil seja tão atraente para o sistema. Caso estivéssemos em um sistema minimamente honesto de votação este vagabundo não ganharia nem pra síndico de prédio de três andares.

  7. Você “pachequinho” , subserviente de ministrecos por ações à receber ou por imaginária hipótese de “terceira via”, é responsável por muitas das desventuras vivenciadas pelo país. É dissimulado em beneficio próprio. Não adianta arvorar-se como líder de qualquer coisa, VOCE É UM NADA!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro