Pacheco vê indulto ‘inconveniente’ e diz que urnas merecem confiança

Presidente do Senado comentou relação entre Executivo e Judiciário durante participação no Roda Vida, da TV Cultura
-Publicidade-
Senador Rodrigo Pacheco foi entrevistado no programa 'Roda Viva', na TV Cultura
Senador Rodrigo Pacheco foi entrevistado no programa 'Roda Viva', na TV Cultura | Foto: Reprodução

O senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG) pediu confiança nas urnas eletrônicas e voltou a criticar o indulto do presidente Jair Bolsonaro ao deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ). As declarações do presidente do Senado aconteceram durante participação no programa Roda Viva, da TV Cultura, na segunda-feira 16.

No papel de representante do Legislativo, no meio da atual relação conflituosa entre o presidente Bolsonaro e o Supremo Tribunal Federal (STF), Pacheco disse não concordar com a graça dada a Silveira.

“O presidente achou (o indulto) conveniente. Eu, particularmente, acho inconveniente. Eu respeito o presidente pensar dessa forma”, afirmou o presidente do Senado.

-Publicidade-

“É muito importante frisar que o papel de julgar é do Poder Judiciário. Essa atribuição constitucional é do Judiciário. A graça, a anistia e o indulto são institutos penais excepcionais. O indulto é um instituto constitucional, da prerrogativa da Presidência da República. No caso de Daniel Silveira, houve o decreto da graça, o Supremo Tribunal Federal tem a prerrogativa constitucional de julgar e condenar, e ele (Silveira) está condenado. E o presidente tem a prerrogativa constitucional, embora a conveniência de fazer ou não cada um sabe.”

Daniel Silveira foi condenado pelo STF em 20 de abril a oito anos e nove meses de prisão, em razão de crime de incitação à violência contra o Supremo e por coação à Corte durante o processo. No entanto, no dia seguinte, o parlamentar ganhou graça presidencial, que em teoria derruba a condenação. O caso ainda vem sendo analisado no tribunal.

Urnas: “Devemos virar essa página”

Rodrigo Pacheco também foi questionado no programa a respeito da lisura do processo eleitoral brasileiro, em tema que vem ampliando a animosidade entre o STF e o Executivo, contando inclusive com a participação das Forças Armadas no debate.

Na avaliação de Pacheco, o momento é de confiar nas urnas eletrônicas e não de mais questionamentos.

“O que não podemos é permitir que instituições a essa altura, depois de tudo demonstrado, de como é que funciona todo o mecanismo da Justiça Eleitoral, ainda insistam em questionar as urnas eletrônicas. Nós devemos superar essa fase, virar essa página”, comentou Pacheco.

“O Congresso Nacional decidiu que o voto é eletrônico e que não há voto impresso. Então, essa é a nossa realidade, e repito: absolutamente confiável.”

Nas últimas semanas, as Forças Armadas têm pressionado o Tribunal Superior Eleitoral a divulgar as sugestões dos militares para a segurança do processo eleitoral.  O TSE, no entanto, preferiu não expor publicamente as recomendações recebidas.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

46 comentários Ver comentários

  1. Pacheco, todo mundo sabe que você protege o STF, que é a sua contrapartida para o sucesso da ação que você patrocina na defesa da Vale, no genocídio de Brumadinho. Os incautos haverão de dizer que você não está na linha de frente na Tribuna, o que é verdade, mas você atua nos esgotos do STF para abocanhar honorários na cassa de oito bilhões de reais, segundo a rádio corredor do próprio STF. Se você usa sua fala rebuscada, o bolodório costumeiro dos anões morais que usam as redes sociais na INTERNET para defender o sistema eleitoral fraudável, pela régua do seu parceiro Alexandre de Moraes, devo intuir que ao negar o sagrado direito das pessoas defenderem o que pensam, então você é um imbecil?

  2. Este ser não acredita nos 3 poderes harmônicos e sim vive a conspirar e se submeter ao STF. Quando vai encaminhar o impeachment da corte dos fariseus.

  3. Seu pilantra inconveniente! Cúmplice do mal! Sistema de eleição tinha que ser demonstrável por si só e não digno de confiança… virou uma questão de fé? religião?

  4. Orientado pelo ESSITÊEFIII e pelo recordista de processos Renan Calheiros, Pacheco é um covarde, suas posições o denunciam….. Ninguém de mãos limpas falaria o que esse bosta fala. Teus dias na política estão contados 🤮🤢🖕🏾

  5. Inconveniente para o povo brasileiro e ter um presidente do senado com interesses pessoais a defender, como advogado da Vale. Assim, fará tudo o que os tais mandarem ele fazer. O país? Que se danem todos. Quando ganharem pra ele a causa de Brumadinho, nunca mais precisará trabalhar.

  6. Esse aí é um boca mole…O eleitor tem que pensar muito bem na hora de votar em senador..São 8 anos que o cara vai ter mandato….Os mineiros colocaram um boca mole que nem esse aí que vai sair do Senado só em 2026…barbaridade…

  7. Presidir a Administração Eleitoral exige qualificação técnica, experiência profissional e absoluta isenção política. O novo Congresso eleito em 2022 deve corrigir a grave disfunção institucional que confunde um tribunal de justiça com a operação de eleições. Deve-se criar uma organização de Estado totalmente independente do TSE, para a Administração Eleitoral.

    É fundamental eliminar o poder de manipular os resultados das eleições, sem deixar qualquer rastro, nas mãos de um grupo restrito de servidores e colaboradores do TSE, que não sofrem qualquer controle externo.

    https://revistaoeste.com/politica/desenvolvedor-da-urna-eletronica-critica-novo-modelo-do-equipamento/

  8. Um senador da republica criticando a anistia que o pres. deu ao dep. Daniel Silveira, taxando-a de inaceitável, o que é então aceitável? rasgar a Constituição!

  9. Pacheco vc é contra o parlamento, um inútil e não sabe ler a constituição, o indulto é legal e pleno, o que foi tá rezando juntos com os autoritários do stf?

  10. E Pacheco tu reza a cartilha autoritário e ilegal do stf, será que tem rabo sujo, parece e tem medo…..compactua com atos inconstitucionais…

  11. Como disse o próprio Moraes o Indulto é uma prerrogativa do presidente gostem ou não se ele não gostou problema dele, este ai é um baita traíra conspira contra o presidente não é de hoje.

  12. Esse senador do biquinho, diz que as urnas merecem confiança? Li direito? Agora as urnas tem “meritocracia”? Esse palhaço está pedindo que a população tenha fé no resultado? É isso?

  13. Pacheco tem o direito de não ter gostado da Graça concedida ao deputado A maioria da população brasileira, no entanto, tem o direito de ter gostado. Simples assim. Ponto final.

  14. O bobalhão não sabe que o VOTO IMPRESSO não substitui a URNA ELETRÔNICA, mas simplesmente adiciona automaticamente o VOTO IMPRESSO em urna lacrada para que o ELEITOR seja o primeiro auditor de seu voto porque sabe que esta contido nas 2 urnas, eletrônica e impressa. Servirá para o principio basico de AUDITORIA, que o paspalhão desconhece.
    Peço ao redação da revista oeste que convide esse sujeito para ser entrevistado no DIRETO AO PONTO do AUGUSTO NUNES, com a presença de Fiuza, Constantino e Coppola. Se for democrata e honesto vai ter que aceitar o convite, até porque já é a segunda vez que vai ao concorrente RODA VIVA do Dória.

  15. Pior do que ter que ouvir esse cidadão é n ouvir nenhuma resposta indignada de nenhum senador sobre estes assuntos. Segue o jogo com as cartas marcadas, mas pode confiar que todos eles estão brigando pela DEMOCRACIA.

  16. PACHECUZÃO, O QUE ACHA OU DEIXOU DE ACHAR POUCO IMPORTA A VERDADE É UMA SÓ: VOCÊ NÃO PASSA DE UM GRANDE IMBECIL, SEU CUZÃO!
    AGORA, SE TEM UMA COISA QUE IRÁ MUITOS DE NÓS SENTIRMOS FELIZES, SERÁ A HORA EM QUE OS DEUSES DO OLIMPO JÁ NÃO PRECISAREM MAIS DE SEU ENGAJAMENTO, SE TORNAR UM INÚTIL, COMO VOCÊ É MESMO, PARA ELES E VOTAREM CONTRARIAMENTE AOS SEUS INTERESSES NOS PROCESSOS DE BRUMADINHO OU MARIANA QUE VOCÊ DEFENDE A MINERADORA RESPONSÁVEL PELAS MORTES DE TANTOS INOCENTES. VOCÊ É UM CALHORDA, PACHECUZÃO F.D.P.

  17. Tudo quanto esse “Boneco de Olinda”, baba ovo, moleque de recado de ministro, imbecil e demagogo, covarde e servil disser ou for à favor, brasileiro honesto tem de estar contra.

  18. Um cara que dá entrevista no canal do Doria não merece credibilidade, muito menos respeito, esse vagabundo só pensa nos honorários do processo contra a Vale, canalha, tenho certeza que na primeira oportunidade vai ser defenestrado da vida pública, por ser um covarde anti população brasileira.

  19. Urnas confiáveis para quem, marginal? Não para a transparência necessária ao processo Democrático!
    Inconveniente para quem, marginal? Certamente para todos que não respeitam a Democracia e a nossa Constituição!
    Esse é mais uma decepção para nós, mas que, no entanto, hoje sabemos que só foi eleito Presidente do Senado, justamente por sua qualidade de marginal!!!

  20. Confio no sistema digital, porém como consumidor SEMPRE peço a via impressa após utilizar meu cartão de débito e/ou crédito e, em compras via internet SEMPRE tenho a prerrogativa de IMPRIMIR o comprovante. E porque não posso ter meu voto impresso, e logicamente depositar em uma urna?

  21. Esse Pacheco é um fanfarrão, semana passada ele disse que a decisão do presidente foi constitucional, agora vem com essa. Foi só ele se reunir com a quadrilha para “mudar de ideia”. Homem puta da porra!

  22. PACHECO TU NÃO TEM QUE ACHAR PORRA NENHUMA DO QUE ESTA PRECEITUADO NA CONSTITUIÇÃO, GOSTE OU NÃO, TENS QUE RESPEITAR E ACEITAR CALADO, OUTRO SIM, SE TE INCOMODA PEDE PRA SAIR CARA ..SAI DESSE PAPEL RIDÍCULO DE APAZIGUAMENTO FALSO HIPÓCRITA QUE FAZES ..

  23. Quanto mais esta imprensa militante que quer destruir o Brasil juntamente com políticos deste naipe mais cresce a desconfiança das urnas e do processo eleitoral, estes sim são os “IMBECIS” segundo o pensamento do deus supremo.

  24. ‘Diga-me o que defendes e eu te direi quem tu és’, Pachecão, mais um grande especialista em informática! É o mesmo que pedir para o ex-presidiário avaliar um livro qualquer.

  25. A posição de Rodrigo Pacheco confirma a desconfiança que se tem do Presidente do Senado, irmão próximo do STF, onde tem interesses particulares e macula sua imagem. O indulto dado pelo Presidente foi referendado pelo povo brasileiro que entendeu que o Supremo condenou o deputado Daniel Silveira em total desrespeito à Constituição. Mais ainda, o STF não tem que aprovar, ou não, o feito do Presidente, e Pacheco sabe disso.

  26. Quando vejo o que um bandido, mau caráter desses fala, aumenta mais ainda, minha preocupação na lisura das eleições no fim do ano… O PR, juntamente com as FA’s, deve garantir uma eleição honesta, caso nada se altere com o processo eleitoral de hoje até às eleições, vamos perder na mão grande, esse é meu sentimento…

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.