Parlamentares são contra Auxílio Brasil porque ‘isso vai eleger o Bolsonaro’, diz presidente

'Preocupação de vocês é política, não é povo, não é o pobre?', questionou, na live semanal
-Publicidade-
Presidente da República, Jair Bolsonaro | Foto: José Dias/PR
Presidente da República, Jair Bolsonaro | Foto: José Dias/PR

O presidente Jair Bolsonaro criticou nesta quinta-feira, 11, a postura de partidos de esquerda e do Novo, que votaram contra a PEC dos Precatórios, que é a aposta do governo para abrir espaço para o Auxílio Brasil de R$ 400 até o fim de 2022. O programa vai substituir o Bolsa Família e o auxílio emergencial.

“Querem que a gente dê meios para 17 milhões de famílias sobreviverem, mas, quando apresentamos uma solução com toda a responsabilidade, não furando o teto e et cetera, eles votam contra, votam contra o povo trabalhador”, disse na live semanal.

-Publicidade-

E continuou: “O que a gente ouve nos bastidores lá no Congresso? ‘Isso vai eleger o Bolsonaro’. Ah, a preocupação de vocês é política, não é povo, não é o pobre? Você acha que o pobre aguenta ficar um ano recebendo R$ 192 até vocês chegarem ao governo, se vocês ganharem as eleições, obviamente? Isso é uma maldade enorme para com a população brasileira”.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.