Revista Oeste - Eleições 2022

Parlamentares são contra Auxílio Brasil porque ‘isso vai eleger o Bolsonaro’, diz presidente

'Preocupação de vocês é política, não é povo, não é o pobre?', questionou, na live semanal
-Publicidade-
Presidente da República, Jair Bolsonaro | Foto: José Dias/PR
Presidente da República, Jair Bolsonaro | Foto: José Dias/PR

O presidente Jair Bolsonaro criticou nesta quinta-feira, 11, a postura de partidos de esquerda e do Novo, que votaram contra a PEC dos Precatórios, que é a aposta do governo para abrir espaço para o Auxílio Brasil de R$ 400 até o fim de 2022. O programa vai substituir o Bolsa Família e o auxílio emergencial.

“Querem que a gente dê meios para 17 milhões de famílias sobreviverem, mas, quando apresentamos uma solução com toda a responsabilidade, não furando o teto e et cetera, eles votam contra, votam contra o povo trabalhador”, disse na live semanal.

-Publicidade-

E continuou: “O que a gente ouve nos bastidores lá no Congresso? ‘Isso vai eleger o Bolsonaro’. Ah, a preocupação de vocês é política, não é povo, não é o pobre? Você acha que o pobre aguenta ficar um ano recebendo R$ 192 até vocês chegarem ao governo, se vocês ganharem as eleições, obviamente? Isso é uma maldade enorme para com a população brasileira”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

21 comentários Ver comentários

  1. A maior verdade dita ate agora referente aos que voltaram contra a pec
    so ha um interesse deles eles mesmo bando de coruptos
    as eleições estão chegando visse.
    muitos cairão.

    1. Perfeito, é isso que temos que fazer, uma limpa nessa corja de políticos oportunistas, corruptos!!! O povo não pode ter memória curta!!!! Escolher bem e de preferência ninguém de esquerda!!!!

  2. Ao invés de discutir sobre o que a direita faz ou deixa de fazer, aquele que está incomodado em morar num país governado por alguém de direita, é simples, existem vários países que tem no governo a esquerda, inclusive na América do Sul é só pegar a mala e ir embora. A esquerda se importa tanto com pobres, vende todos os seus bens, e divide com os pobres, simples assim.

  3. Estou emocionado com tamanho altruísmo, grandeza de espírito, a extrema direita evoluiu, está mais humana e civilizada, sensível as classes mais vulneráveis, inclusive o guedes, um ex liberal, vou chorar kkkkkkkkkkkkkkkk

    1. A direita mais humana e civilizada?
      Engraçado, as maiores tragédias humanas, econômicas e sociais da história são oriundas de governos socialistas. Todas, sem exceção.

      É a tática de atribuir aos outros q a própria esquerda faz. Não cola mais pra ninguém.

      O papinho de chamar os conservadores de extrema direita como forma de legitimar a esquerda mais falimentar q existe não vai colar.

      Chora mais.

    1. Se for aprovada a PEC, não é furo do teto, simples.
      Se não fosse o governo, os brasileiros estariam na miséria (provocada por governadores e prefeitos) durante a pandemia, mas isso não aconteceu pq a política econômica do governo é brilhante e responsável. E a esquerdalha espuma de ódio por isso.

      Mais uma coisa, o papinho de chamar os conservadores de extrema direita como forma de legitimar a esquerda mais tenebrosa e falimentar q existe não vai colar.

      Chora mais.

  4. Engraçado que esses mesmos que são contra a PEC nunca se preocuparam com a situação dos que têm o direito de receber precatórios e estão longe de serem considerados pobres. Minha sogra morreu – e outras centenas de pessoas – sem ver a cor deste dinheiro que passou por Lesa-Pátria da Silva, Dilma e Temer e nenhum parlamentar brigava por isso. Agora querem fazer demagogia barata ? Os que estão contra no Senado Federal precisam se reeleger ano que vem e acham que vão enganar o povo atrapalhando Bolsonaro votando contra a PEC. Olho nos canalhas eleitor.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.