Partido afasta deputado denunciado por assédio sexual

Fernando Cury teve "conduta absolutamente incompatível", informa Cidadania
-Publicidade-
Fernando Cury foi denunciado por assédio pela deputada Isa Penna | Foto: Reprodução/TV Alesp
Fernando Cury foi denunciado por assédio pela deputada Isa Penna | Foto: Reprodução/TV Alesp | fernando cury - assédio sexual - cidadania afastamento - oab

Fernando Cury teve “conduta absolutamente incompatível”, informa Cidadania

fernando cury - assédio sexual - cidadania afastamento
Fernando Cury foi denunciado por assédio pela deputada Isa Penna | Foto: Reprodução/TV Alesp
-Publicidade-

O deputado estadual Fernando Cury está afastado de todas as funções que mantinha no Cidadania. O partido adotou medida um dia após o parlamentar ter sido denunciado por assediar sexualmente da deputada Isa Penna (Psol), sua colega de Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp).

Leia mais: “MP pede cassação do registro de Sarto, aliado de Ciro Gomes”

Segundo a nota divulgada à imprensa nesta sexta-feira, 18, a direção nacional da legenda define a atitude do Cury como “conduta absolutamente incompatível”. Ontem, Isa acusou o deputado de assédio. Vídeo de transmissão da própria Alesp mostra o momento em que o integrante do Cidadania chega perto à socialista. É possível vê-lo passar a mão na colega e se posicionar rente às costas dela.

“Acrescentamos a evidente urgência na apuração dos fatos, sem prejuízo do contraditório e da ampla defesa, considerando que a acusação refere-se a uma conduta absolutamente incompatível com os princípios defendidos pelo partido”, afirma o partido. O conteúdo é assinado pelo presidente nacional do Cidadania, o ex-deputado federal Roberto Freire.

Próximos passos

O afastamento faz com que Fernando Cury não possa mais realizar nenhuma atividade em nome do Cidadania, inclusive na Alesp. Por ora, ele segue com suas atividades como deputado estadual. Denunciado por assédio sexual e afastado, o parlamentar entrará na mira do conselho de ética do partido. Ao fim do processo, ele pode, inclusive, acabar expulso da agremiação partidária.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.