Partidos de oposição a Bolsonaro divulgam nota de apoio ao STF

Presidentes de PT, PSB, PCdoB, PDT, Rede, Cidadania e PV se alinharam aos ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso
-Publicidade-
Partidos de esquerda que fazem oposição ao governo de Jair Bolsonaro defenderam o Supremo Tribunal Federal
Partidos de esquerda que fazem oposição ao governo de Jair Bolsonaro defenderam o Supremo Tribunal Federal | Foto: Marcelo Casal Jr. / Agência Brasil

Sete partidos de esquerda que fazem oposição ao presidente Jair Bolsonaro divulgaram neste domingo, 22, uma nota pública em apoio ao Supremo Tribunal Federal (STF), especialmente aos ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso.

Na sexta-feira 20, Bolsonaro formalizou o pedido de abertura de um processo de impeachment contra Moraes e prometeu para os próximos dias repetir a dose em relação a Barroso. O presidente vem fazendo uma série de críticas aos dois ministros do STF.

Leia mais: “Governadores marcam reunião emergencial para discutir crise entre Poderes”

-Publicidade-

O documento divulgado hoje é assinado pelos presidentes de PT, PSB, PCdoB, PDT, Rede, Cidadania e PV. No texto, os oposicionistas “se solidarizam com os ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, alvos de uma campanha difamatória que chegou às raias da violência institucional com um inepto e infundado pedido de impeachment contra Moraes por parte do presidente da República”.

Leia também: “STJ vê com ‘preocupação’ pedido de impeachment de Moraes”

“São os ministros que lá estão os responsáveis por garantir os direitos e as liberdades fundamentais sem os quais nenhuma democracia representativa é possível. E eles devem ser protegidos em sua integridade física e moral”, dizem os dirigentes partidários. “Não é com ações como essas que Bolsonaro se fará respeitar. No Estado de Direito, cabe recurso de decisões judiciais das quais se discorda, como bem destacou o próprio STF em nota cujos termos subscrevemos. Esgotadas as possibilidades recursais, as únicas atitudes possíveis são acatar e respeitar. Qualquer tentativa de escalada autoritária encontrará pronta resposta desses partidos.”

Leia mais: “Ex-ministros da Justiça de FHC, Lula, Dilma e Temer pedem rejeição de impeachment contra Moraes”

Na nota pública, os presidentes dos partidos de esquerda afirmam ainda que “a República se sustenta em três Poderes independentes e harmônicos entre si” e “é preciso respeitar cada um deles em sua independência, sem intromissão, arroubos autoritários ou antidemocráticos”. “Há remédios constitucionais para todos os males da democracia”, dizem.

Leia também: “Bolsonaro, sobre pedido de impeachment de Moraes: ‘Não é revanche’”

O documento é assinado por Gleisi Hoffmann (presidente nacional do PT), Carlos Siqueira (PSB), Luciana Santos (PCdoB), Carlos Lupi (PDT), Heloísa Helena e Wesley Diógenes (Rede), Roberto Freire (Cidadania) e José Luiz Penna (PV).

No mês passado, dirigentes de oito partidos de oposição a Bolsonaro divulgaram uma nota na qual apoiavam o sistema 100% eletrônico de votação no Brasil e criticavam o presidente por sua defesa do voto verificável para as eleições de 2022 – proposta que acabou derrotada no plenário da Câmara.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

27 comentários

  1. Novidade…, vindo dessa gang de inescrupulosos só pode dar nisso. Engraçado que eles tem uma narrativa totalmente sem lógica. Acusam do presidente fazer algo que é corriqueiro entre a própria trupe de partidecos.

    1. Parabéns aos partidos progressistas, devemos lutar sempre pelo direito de discordar na democracia, mesmo que não sejamos compreendidos, que esse direito seja inalienável e possa ser defendido até a última instância!Aproveito, mais uma vez, para parabenizar o excelentissimo Professor Dr. Alexandre de Moraes pela bravura indômita!

      1. José Roberto Bueno
        que isso? que ser rastejante e beócio és tu!

  2. Cabe aos historiadores registrarem que estamos passando por um período de “ Inquisição de Partido”. Alguns deles hoje, sob a comando de seus fundadores, determinam o que é certo e o que é errado. O que é ou nao crime. Estão agindo por intermédio de agentes que ocupam lugares de destaque na sociedade. A Liberdade está comprometida.

    1. As assinaturas destes sete presidentes destes partidos aí que considero verdadeiras gangues valem na minha opinião o mesmo que uma égua joga fora todas as Manhães, que serve pra estrumes, e, essas assinaturas nem pra estrumes servem!

  3. É como noticiar que 1 + 1 é igual a 2. Kkkkk
    O STF está lá justamente para proteger essas gangues que não são partidos.
    O q é incrível é que o banana do presidente ainda quer jogar dentro das 4 linhas, e vai perder, vai entregar o executivo para eles se não tomar uma medida drástica já. E podem apostar, eu não assisto nnenhuma mas a mídia corrupta já deve ter dado a notícia daquela forma bem marqueteira, bem “bonitinha” para enganar mais brasileiros desprovidos de informção e formação. E assim eles conseguirão por de volta o sistema bandidista favorito deles no poder executivo. No legislativo e no judiciário eles nunca saíram de lá. Age Bolsonaro, põe ordem nisso por favor !!!

  4. INEPTO E INFUNDADO pedido de impeachment aos partidos beneficiários, estes são verdadeiras torcidas organizadas, parceiros da corrupção na derrubada do 1º governo em 30 anos que não arrasta e esconde corrupção nas suas entranhas!
    A quebra da harmonia já está feita. Agora, é povo na rua, com Deus e Brasil acima de tudo!

  5. Parabéns a todos envolvidos. N serão esquecidos em 2022 por quem tem decência e caráter. Serão varridos para o ostracismo como foi o NhoNho q só tem emprego até o final deste ano junto com DORIA.

  6. Cada vez mais me convenso que o STF dos autoritarios que distorcem a constituicao a seus interesses pessoais e politicos sao de fato um puxadinho dos partidos da esquerda, como sao bonzinhos um com o outro e’ algo comovente, acorda Brasil …..

  7. Zero surpresa. O que esperar de partidos que todos os dias são beneficiados pelo STF? O pior. Na verdade não são partidos, ao meu ver são quadrilhas especializadas em roubar, a disseminar inversão de valores, querem o todo custo acabar com a família e tornar o Brasil numa Venezuela

  8. Quando se ultrapassa linha constitucional, vem o bando de partidos imundos e porcos se alinhar ao que está mais errado atualmente : STF , a supremacia ultra estelar celestial .

  9. Quem com o mínimo de decência, moral, ou honestidade, aceitaria uma nota de apoio do PT???
    Mas, o ESSITÊEFIII e todos esses “partidos” são farinha do mesmo saco.

  10. ” “São os ministros que lá estão os responsáveis por garantir os direitos e as liberdades fundamentais sem os quais nenhuma democracia representativa é possível. E eles devem ser protegidos em sua integridade física e moral”, dizem os dirigentes partidários.” e quem os ameaçou em ingegridade fisica?
    que vigarice e má fé! !!
    “Não é com ações como essas que Bolsonaro se fará respeitar. ”
    … ele não quer se fazer respeitar.. ele quer a justiça ante aos desmandos e crimes desses togados…”No Estado de Direito, cabe recurso de decisões judiciais das quais se discorda, como bem destacou o próprio STF em nota cujos termos subscrevemos. Esgotadas as possibilidades recursais, as únicas atitudes possíveis são acatar e respeitar. ” estado de direito que foi passado por cima não só das leis e da constituição como também dos principios e logica jurica dos ultimos dois mil anos… que gente cinica e maldosa!!!
    “Qualquer tentativa de escalada autoritária encontrará pronta resposta desses partidos.”” a única escalada autoritária são de vcs! seus estrumes do mal!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro