Passaporte de vacinação é controle social

É o que afirma Fraser Myers, em artigo publicado na Edição 65 da Revista Oeste
-Publicidade-
Passaportes de vacinação geram debates acalorados
Passaportes de vacinação geram debates acalorados | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

Em artigo publicado na Edição 65 da Revista Oeste, Fraser Myers versa sobre os “passaportes de vacinação”. Segundo o colunista, mesmo enquanto os riscos causados pela covid-19 começam a desaparecer do horizonte, graças à imunização, o impulso autoritário de convencer e controlar a sociedade continua forte.

Leia um trecho

“O lançamento da vacinação foi um raro sucesso para o governo do Reino Unido. Não só as pessoas mais vulneráveis receberam suas doses antes do cronograma, mas a adesão à vacina também foi muito mais alta do que a esperada. Entre as pessoas de 70 anos ou mais, a adesão foi de 90%, chegando a impressionantes 97% na faixa de 75 a 79 anos. As hospitalizações e as mortes estão desabando. E, no entanto, os clamores por “passaportes de vacinação” — que implicariam uma vacinação obrigatória de fato — estão cada vez maiores.

-Publicidade-

A questão se tornou confusa por duas demandas separadas chamadas “passaportes de vacinação”. Para alguns, isso se refere a passaportes para viagens internacionais. O Instituto para Mudança Global Tony Blair, por exemplo, afirmou em tom de ameaça que “comprovar seu estado de saúde em relação à covid-19 vai se tornar um fato da vida” em seus pedidos por passaportes de vacinação. Mas suas propostas estão voltadas para a abertura das fronteiras. De muitas formas, isso é menos controverso. Não é incomum precisar de toda uma gama de injeções para viajar para alguns lugares.”

Gostou? Dê uma olhada no conteúdo abaixo.

Revista Oeste

A Edição 65 da Revista Oeste vai além do texto de Fraser Myers sobre os passaportes de vacinação. A publicação digital conta com reportagens especiais e artigos de J. R. Guzzo, Augusto Nunes, Silvio Navarro, Rodrigo Constantino, Guilherme Fiuza, Fábio Matos, Cristyan Costa, Evaristo de Miranda e Dagomir Marquezi.

Startup de jornalismo on-line, a Revista Oeste está no ar desde março de 2020. Sem aceitar anúncios de órgãos públicos, o projeto é financiado diretamente por seus assinantes. Para fazer parte da comunidade que apoia a publicação digital que defende a liberdade e o liberalismo econômico, basta clicar aqui, escolher o plano e seguir os passos indicados.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site