PDT pede que STF suspenda rodada de licitações de exploração de petróleo

Decisão cabe ao ministro Marco Aurélio Mello, sorteado relator da ADPF protocolada no Supremo Tribunal Federal
-Publicidade-
PDT quer barrar mais uma rodada de licitações de explorações de Petróleo
PDT quer barrar mais uma rodada de licitações de explorações de Petróleo | Foto: Reprodução/Flickr

O Partido Democrático Trabalhista (PDT) foi ao Supremo Tribunal Federal (STF) para suspender a realização dos atos preparatórios da 17ª Rodada de Licitações de Petróleo e Gás Natural pela Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP). A decisão cabe ao ministro Marco Aurélio Mello, sorteado relator da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) protocolada pelo partido brizolista. De acordo com o PDT, para subsidiar a oferta dos blocos exploratórios, o governo federal e a ANP não realizaram as Avaliações Ambientais de Áreas Sedimentares (AAAS), obrigatórias, fazendo “tábula rasa dos estudos técnicos que evidenciaram a ocorrência de danos imensuráveis ao meio ambiente”.

Leia também: “‘Novo pré-sal’ na Região Norte pode ter grandes volumes de petróleo”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site