-Publicidade-

PF investiga suspeita de tráfico em aviões da FAB

Justiça garante que criminosos usaram as aeronaves para transportar entorpecentes a outros países
Agora, agentes cumprem 17 mandados judiciais
Agora, agentes cumprem 17 mandados judiciais | Foto: Divulgação/Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) iniciou na manhã desta terça-feira, 2, a operação Quinta Coluna, com a finalidade de investigar uma associação criminosa que usou aeronaves da Força Aérea Brasileira. Segundo a PF, os bandidos traficaram drogas nos aviões com destino a Espanha. As investigações apuram, ainda, um esquema de lavagem de dinheiro.

Agora, agentes cumprem 17 mandados judiciais, sendo 15 de busca e apreensão e dois que restringem a comunicação dos investigados, que foram impedidos de deixar o Distrito Federal. Durante a operação, os agentes apreenderam drogas na casa de um dos suspeitos. Além disso, a Justiça Federal de Brasília determinou o sequestro de imóveis e de veículos.

Relembre o caso

Em junho de 2019, o sargento Manoel Silva Rodrigues foi flagrado, na Espanha, com 37 quilos de cocaína em um avião da comitiva presidencial que passava por revista — Jair Bolsonaro não estava no voo. As autoridades prenderam o militar, que cumpre pena no país europeu. Em setembro do ano passado, a Justiça estrangeira negou o pedido de transferência do sargento para o Brasil.

Leia também: “Oposição vai ao Supremo contra 1º ato de Arthur Lira”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. Já ouvi denuncias pela imprensa, é claro, que até aeronaves da USAF também fizeram esse tipo de transporte. Para o consolo da FAB, ela está em “boa” companhia. Será que a Luftwaffe também está na parada?

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês