PF prende secretários de Helder Barbalho

Governador também é alvo de operação policial; agentes investigam supostos desvios na área da saúde
-Publicidade-
O governador do Pará, Helder Barbalho Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
O governador do Pará, Helder Barbalho Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL | O governador do Pará, Helder Barbalho Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

Governador também é alvo de operação policial; agentes investigam supostos desvios na área da saúde

covidão
O governador do Pará, Helder Barbalho Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
-Publicidade-

A Polícia Federal (PF) prendeu nesta terça-feira, 29, dois secretários estaduais do Pará no âmbito de uma megaoperação que investiga supostos desvios de recursos da saúde. Além disso, um assessor do governador Helder Barbalho (também na mira da Justiça) foi detido. Os agentes levaram para a cadeia Parsifal de Jesus Pontes, secretário de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia; Antonio de Padua, secretário de Transportes; e Leonardo Maia Nascimento, assessor de gabinete de Barbalho. Conforme a PF, a investigação mira 12 contratos firmados entre o governo do Pará e organizações sociais para administração de hospitais públicos, inclusive os de campanha construídos em razão da pandemia de coronavírus. Os contratos somam R$ 1,2 bilhão. Em nota, o governo do Pará disse que apoia qualquer investigação que busque proteger o dinheiro público.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

5 comments

  1. Quando o Pelé há décadas disse que “o brasileiro não sabe votar” foi quase linchado. Vejam só: parece hereditário e o povo não aprende com as lições do passado. O senhor Jader Barbalho, pai desse Governador, esteve envolvido em dezenas de escândalos. Lá nas Alagoas está o tal Renan Filho, também sendo investigado. No sul o prefeito de Porto Alegre é o filho do Marchezan, também enrolado com a justiça. Diversos filhos e netos de políticos tradicionais em seus estados foram eleitos deputados federais. Apesar da dita alta renovação, Câmara e Senado vão continuar repletos de irmãos, primos, filhos e cônjuges de políticos. Há parlamentares que “herdaram” cargos dos pais e até uma mãe que vai contar com a companhia do filho. Em levantamento do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), foram identificados 138 deputados e senadores que pertencem a clãs políticos . Então “deixa o tubo” . Nós vamos repetir essa ladainha até o país literalmente ir à falência financeira, política e institucional. É questão de tempo.

    1. Concordo plenamente com você, Júnior. O brasileiro não sabe votar. Só vota por interesse, seja ele rico ou pobre. Nunca sairemos da condição de País subdesenvolvido.

    2. Bela explanação Júnior, só uma coisa não é que o brasileiro não sabe votar pois todos os candidatos são ruins em qualquer um que você votar errará.

  2. Acordem Paraenses olhem quem vocês escolherem para Governar seu Estado!! Todos erramos, só não podemos insistir no erro. Essa corrupção levou diretamente a morte de milhares de Paraenses pelo dinheiro roubado da Saúde e deixou milhares na miséria.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site