PL das fake news pode ser votado em agosto

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), planeja colocar a proposta em votação em 20 a 30 dias. Objetivo é dar tempo para os deputados debaterem o texto
-Publicidade-
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia | Foto:  Luis Macedo/Câmara dos Deputados
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia | Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados | Presidente - Câmara - união - poderes

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), planeja colocar o PL das fake news em votação em 20 a 30 dias. Objetivo é dar tempo para os deputados apreciarem e debaterem o texto

Presidente - Câmara - união - poderes - pl das fake news
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, não quer “tratorar” a tramitação do tema | Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O Projeto de Lei 2.630/20, o chamado PL das fake news, pode ser votado em agosto. É o que sinaliza o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). A interlocutores e aliados, ele comentou que planeja colocar a matéria em votação nos próximos 20 a 30 dias.

-Publicidade-

A ideia, explica o demista, é dar tempo para a Câmara apreciar e debater o texto. Maia quer evitar passar a imagem de que a Casa deseja “tratorar”. Pudera. Ele mesmo não sabe se o texto tem condições de ser aprovado, caso os deputados votem a matéria aprovada no Senado sem alterações.

O objetivo é dar tempo para o próprio relator construir com calma o texto. Conforme divulgado por Oeste, o mais cotado para apresentar o parecer é o deputado federal Felipe Rigoni (PSB-ES). Maia quer que a relatoria seja feita após consulta a especialistas e parlamentares, a fim de construir o melhor texto e mitigar as críticas, sobretudo do governo.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.