Polícia prende secretário estadual de Educação do RJ

Pedro Fernandes é suspeito de chefiar esquema de corrupção
-Publicidade-
O secretário estadual de Educação do Rio de Janeiro, Pedro Fernandes | Foto: DIVULGAÇÃO
O secretário estadual de Educação do Rio de Janeiro, Pedro Fernandes | Foto: DIVULGAÇÃO | O secretário estadual de Educação do Rio de Janeiro, Pedro Fernandes | Foto: DIVULGAÇÃO

Pedro Fernandes é suspeito de chefiar esquema de corrupção

polícia
O secretário estadual de Educação do Rio de Janeiro, Pedro Fernandes | Foto: DIVULGAÇÃO

O secretário estadual de Educação do Rio de Janeiro, Pedro Fernandes, foi preso nesta sexta-feira, 11, na segunda fase da Operação Catarata. A Justiça investiga supostos desvios em contratos de assistência social no governo do Estado e na Prefeitura do RJ.

-Publicidade-

Ao apresentar à polícia um exame que mostra estar com covid-19, a prisão de Fernandes foi convertida em domiciliar. Outras três pessoas foram presas, por suspeita de participar do suposto esquema ilícito que teria desviado R$ 30 milhões.

São elas: o empresário Flávio Salomão Chadud, o ex-delegado e pai de Flávio, Mario Jamil Chadud e o ex-diretor de administração financeira da Fundação Leão XIII, João Marcos Borges Mattos.

A operação

Em julho de 2019, na primeira fase da Operação Catarata, a Polícia Civil do RJ e o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) prenderam sete pessoas suspeitas de fraudar licitações da Fundação Estadual Leão XIII, da qual Fernandes foi presidente.

Com o aprofundamento das investigações, a força-tarefa afirma que o esquema incluiu órgãos da Prefeitura do Rio, chefiados por Cristiane Brasil — a Secretaria Municipal de Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida e a Secretaria Municipal de Proteção à Pessoa com Deficiência.

Os contratos sob investigação, firmados entre 2013 e 2018, custaram quase R$ 120 milhões aos cofres públicos.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site