Por que o Senado não quer instalar a CPI das ONGs na Amazônia

'O brasileiro tem que ter conhecimento da picaretagem que acontece', afirma Plínio Valério (PSDB-AM)
-Publicidade-
Senador Plínio Valério (PSDB-AM) | Foto: Roque de Sá/Agência Senado

O Senado tem uma CPI pronta para investigar denúncias de irregularidades no funcionamento de ONGs na Amazônia. O pedido foi aprovado há três anos, mas, por força da letargia de Davi Alcolumbre (ex-presidente da Casa) e Rodrigo Pacheco (atual presidente), não saiu até hoje do papel. Nos últimos meses, o senador Plínio Valério (PSDB-AM) tem se empenhado em tentar fazer a comissão avançar em 2022. Leia abaixo os principais trechos da conversa com a reportagem de Oeste.

Reportagem especial sobre as ONGs: Os picaretas da Amazônia

-Publicidade-

O que falta para essa CPI começar?

Estamos no último estágio. Falta o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), mandar os líderes de bancada indicarem quem serão os membros pra participar da comissão. Enquanto ele não fizer isso, a CPI não pode ser instalada. Só se torna oficial quando é lido no plenário. Sei que teremos muita resistência, é certo que os senadores vão pedir pra deixar para o outro ano, por ser ano eleitoral.  Mesmo com toda essa demora, não penso em recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF), pois não reconheço prerrogativa para isso. Até porque, normalmente ministros do STF são ligados às ONGs ou conhecem alguém que é ligado, o que não facilitaria o processo.

A quem interessa derrubar essa CPI antes que ela comece?

Há muitos interesses contrários à instalação dessa CPI. Alguns senadores não têm interesse nisso. ONGs são ligadas a gente poderosa, gente que tem contato internacional, brasileiros que entram nessa onda para ganhar dinheiro. Inclusive, há um conglomerado de televisão que não quer essa CPI. Eu fui procurado por uma jornalista estrangeira que me mandou a sinopse de uma série da Globoplay. Nela, ativistas ambientalistas criam uma CPI para investigar as ONGs. Isso tem o intuito de nos desqualificar. É a primeira vez que se vê um seriado que toca nesse assunto de CPI das ONGs. Veja como eles estão preocupados em desqualificar a investigação.

Por que o senhor decidiu lutar pela abertura dessa CPI? Há denúncias concretas?

Temos documentos que comprovam que a ONG Opção Verde é detentora de milhares de quilômetros no município de Coari, uma área rica em gás e petróleo. São vários registros em cartório de compras feitas ao logo dos últimos anos, que já totalizam a maior parte do município. Tudo foi registrado em nomes de laranjas brasileiros: uma delas é Maria Helena Lopes da Costa, mas o que chama atenção é que os diretores da organização são holandeses. Outra denúncia mira o Instituto Socioambiental (ISA), no alto do Rio Negro, próximo a São Gabriel da Cachoeira. Há dois anos, eles tinham um convênio com a Fundação Nacional do Índio (Funai). A ONG fazia o trabalho da Funai. Ou seja, o Estado abriu mão de sua soberania e delegou sua tarefa a terceiros. E o pior de tudo é que eles dominam essas áreas ricas. É proibido entrar nessas terras. Costumo dizer que onde não pode nada, pode tudo!

Como funciona a ‘indústria ambiental’ na Amazônia?

Normalmente, as ONGs captam recursos externos, às vezes públicos, isso varia… Em tese, seria para desenvolver projetos sociais, mas isso só acontece em pequena escala — não justifica o alto valor arrecadado. A maior parte do dinheiro é gasta entre eles, com viagens, financiamento de pesquisas inúteis. O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rego está auditando alguns convênios e chegou à conclusão que cada ONG investigada gasta 85% do que arrecadam com a própria diretoria. Grande parte dos recursos captados não são convertidos em benefícios para a população.

O que o senhor acha desses países que se dizem tão preocupados com o desmatamento no Brasil?

Muitas ONGs pregam contra o nosso país, prestam um desserviço. Sem contar a hipocrisia de alguns países como a França, Noruega, Holanda e até mesmo Alemanha. Falam muita besteira, não sei se de fato desconhecem a realidade. Os grandes fundos internacionais financiam as grandes ONGs, que por sua vez financiam as ONGs médias — e são essas que atuam no Brasil repassando dinheiro para outras organizações que ficam com o dinheiro. Durante a pandemia, ninguém estava preocupado com a população amazonense que estava morrendo sem oxigênio. Na mesma época, o Greenpeace estava arrecadando dinheiro pra salvar as baleias? Eles não estão interessados no nosso bem, é muita hipocrisia. Em fevereiro, quando retomarmos os trabalhos no Senado, o brasileiro tem que ter conhecimento dessa picaretagem. Os brasileiros de outras regiões do país acreditam nessas ONGs, mas precisamos mostrar que são bandidos.

O fundo da Fundo da Amazônia também seria investigado nessa CPI?

As ONGs financiadas pelo Fundo da Amazônia são todas conhecidas, são as mesmas que levaram o dinheiro. Sem contar que há muita manipulação, esses países que doam se sentem donos da Amazônia. O presidente Jair Bolsonaro fez muito bem em não aceitar a ajuda do americano Joe Biden. Querem ajudar com migalhas. A Noruega mesmo deu R$ 2 bilhões, porém tem isenção de tributos no Pará de R$ 7,5 bilhões. Já chamamos uma vez os gestores do Fundo da Amazônia no Senado. Disseram ter ajudado 174 mil famílias num universo de 23 milhões. Isso não é nada!

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

17 comentários Ver comentários

  1. A picaretagem do ser humano (?) é infinita, comparável apenas à burrice de alguns que por nada se interessam. Enquanto o povo brasileiro não se decidir a virar a mesa esses vagabundos vão continuar vivendo às suas custas.

  2. A VERDADE é que o Brasil foi tomado por bandidos, cafajestes, gente sem que não merece o ar que respira. Essa gente tem de serem detidas. Custe o que custar! AGORA querem fazer lei que incentiva roubos….se vc tiver seu celular roubado…não será mais crime. CANALHAS! Já fizeram leis absurdas que transformaram nossas metropoles em favelas de nóias… essa vagabundos podem acampar defronte sua casa/comércio; cagar; mijar, roubar, esfaquear e VOCE NÃO PODE Reclamar!
    BASTA! Já deu!

  3. Se é para salvar o mundo da destruição, essas ONGs todas deveriam financiar o tratamento de ESGOTO de Manaus, Fortaleza, Recife, Salvador, Rio de Janeiro entre outras cidades q jogam tudo no mar. O lixo dessas cidades deve ter canudinhos de plástico que matam tartarugas, certo? O Brasil só deveria aceitar ajuda para fazer SANEAMENTO BÁSICO e nada mais.

  4. Esse bundão deste Pachequinho, presidente do senado, nada fará. Nossa única chance é o brasileiro acordar e fazer valer seus direitos votando com mais consciência. Chega de picaretas !!!

  5. Conglomerado da mídia que tenta impedir? Sabemos muito bem de qual lixo ele está falando, é tudo muito nojento, interesse e corrupção e o que dá mais raiva é ver brasileiros nesse meio agindo contra o país para encher os bolsos e ainda enganam o povo tentando caluniar o governo, dá raiva ver países enchendo a mão no nosso território e mentindo descaradamente, é nosso país e não vamos abrir mão!!

  6. Esse território da Amazônia faz parte do mapa do Brasil apenas formalmente. Na realidade ela já não nos pertence já faz muito tempo e aí ficam esses milicos com esse teatrinho de que esse território é nosso, etc… tudo isso daí é apenas uma figuração para enganar a opinião pública. Teve até um general, se não me falha a memória foi o General Heleno que foi proibido de entrar numa área dessas, que diziam ser dos Ianomamis e que estava cheia de elementos de origem europeia, salvo engano, holandeses, lá dentro. Enfim, esqueçam esse assunto que isso daí, já era. Se um general foi barrado então não se metam.

  7. Porque a revista oeste não entrevista Marina Silva, Carlos Minc, Isabela Teixeira e outros inúteis ex ministros do meio ambiente que nunca questionaram essas ONGS?

      1. Esquça Antonio Carlos. Esta gente que já esteve no poder nada fez e nada fará.

  8. A resposta é muito simples: porque se trata de uma corja de vagabundos e canalhas. Só vão fazer isso se comparsas como Lulu Bandeja, Alexandre de Moraes, Rosa Weber, Lewandowski, Gilmar e Fachin derem a ordem.
    Não seria o caso de um cidadão qualquer entrar com um pedido junto ao André Mendonça dar essa ordem?

  9. Depende de quem ? Do Pachequinho ?? Kkkkk esquece. Esse crápula só se interessa pelo o q é péssimo para o Brasil. Alguém aí não sabe que ele é advogado de defesa da vale no caso Brumadinho e ele é o entrave para o acordo de indenização bilionário que o governo de minas conseguiu? É mais um crápula na presidência do congresso. Em qual ano teremos um presidente decente no congresso ? Será que estarei vivo ? É só o povo prestar atenção e votar com seriedade para o congresso, o q não acontece. Os idiotas votam em nomes mais falados, na propaganda, e até pegam o santinho no chão para votar. E pior, ninguém faz uma campanha para o povo votar consciente. Aí sempre será assim.

  10. Tem ONG que a diretoria é composta assim: Diretor – o picareta que conseguiu a grana para financiar a picaretagem. Secretária – a mulher do picareta. Tesoureiro – o filho do picareta. Demais cargos – os outros filhos, irmãos, cunhados e a sogra do picareta.

  11. Precisamos passar o Brasil a limpo; é muita sujeira e muita gente suja, maus brasileiros… Que Brasil meus filhos e netos estão recebendo! Que bons brasileiros nós estamos sendo? E isso não vai sair de graça para nenhum de nós: o Chefão lá em cima está de olho em nós todos e acompanha tudo de perto.

  12. Isso nunca foi resolvido ném agora não vai resolver já passou muitos tempo para resolver pôr favor botar à mão na cabeça falar todos falam mais botar à mão na massa vai ser difícil. Obrigado vcs mim deixou eu escrever abraço Leonir.

    1. Por essas e muitas outras que apoiamos o presidente.
      Estão vendendo o Estado a conta gotas e quase ninguém vê, aí a necessidade de acabar com essas máfias disfarçadas de ong’s

  13. Corja de vagabundos brasileiros que se submetem aos interesses de países que não têm nenhum escrúpulo. Vamos votar melhor para o senado. É inadmissível que um senhor como Renan Calheiros seja senador da República.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.