PP, PL e Republicanos ganham força na disputa por Bolsonaro, diz Flávio

Presidente deve definir ainda neste ano a legenda à qual vai se filiar, afirma senador
-Publicidade-
O senador Flávio Bolsonaro, que se filiou ao Patriota, afirma que o destino de Jair Bolsonaro pode ser outro partido
O senador Flávio Bolsonaro, que se filiou ao Patriota, afirma que o destino de Jair Bolsonaro pode ser outro partido | Foto: Mateus Bonomi/Agif/Estadão Conteúdo

O senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) afirmou que o destino de Jair Bolsonaro, atualmente sem partido, pode estar entre PP, PL e Republicanos. Até então, especulava-se que o presidente se filiaria ao Patriota para disputar a reeleição em 2022, mas a legenda perdeu força.

“Não temos tempo a perder. Estamos avaliando alternativas como PP, PL e Republicanos. Não seria o que queríamos inicialmente, que era o presidente ter um partido para chamar de seu. Mas, por outro lado, tem a vantagem de já estar em um partido maior, com mais tempo de televisão e fundo partidário, para disputar a eleição. A decisão está com o presidente”, afirmou Flávio em entrevista ao jornal O Globo.

Leia mais: “Possível destino de Bolsonaro, Patriota tem presidente afastado pelo TSE”

-Publicidade-

Para ser candidato nas próximas eleições, Bolsonaro terá de estar filiado a um partido político até abril do ano que vem. Segundo Flávio, a ideia é que isso ocorra até o fim deste ano.

Como Oeste noticiou na semana passada, o Patriota vive uma grave crise interna depois que o presidente da legenda, Adilson Barroso, entusiasta da chegada de Bolsonaro, foi afastado do comando da sigla pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A ação foi apresentada ao TSE por uma corrente do Patriota que é contrária à chegada de Bolsonaro e acusa Barroso de ter violado o estatuto partidário ao tomar uma série de medidas. Cabe recurso da decisão.

Leia também: “Bolsonaro recebe convite oficial para filiação no Patriota”

No fim de junho, em uma convenção nacional do Patriota, Barroso foi afastado por 90 dias do comando do partido, e Ovasco Resende assumiu a função interinamente. Em entrevista ao programa Opinião no Ar, da RedeTV!, no dia 2 de junho, o então presidente do Patriota negou qualquer manobra e afirmou que esperava a filiação de Bolsonaro.

Leia também: “Senador Flávio Bolsonaro se filia ao Patriota”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site